Euromel – Uma empresa duas marcas

Data:

O nosso Habitat é a Serra da Malcata, uma reserva Natural com 21.000 hectares. É neste ambiente que as nossas abelhas recolhem os seus produtos tão apreciados, num espaço de baixa actividade humana, onde a Natureza se encontra intacta e admirável.
A Euromel, com tradições familiares de apicultura desde 1898, produz o mel Serramel desde 1974.

Em 2014 nasce um novo projecto com a produção dos Doces e Amêndoas Beirabaga. Produtos confeccionados de uma forma tradicional e utilizando as mais modernas técnicas de produção. Com fruta da melhor qualidade e maioritariamente portuguesa.

A nossa Missão traduz-se na superação das expectativas dos nossos clientes. Apresentamos produtos tradicionais de qualidade superior, que se destacam pela sua genuinidade, segurança e excelência. Com uma forte capacidade organizativa, comercial e logística, apostamos na qualificação dos nossos colaboradores e trabalhamos afincadamente com um conhecimento adquirido ao longo de mais de 100 anos.

 

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.