Doze feridos no incêndio de Tondela ainda internados em Viseu

Data:

Um dos treze feridos internados no hospital de Viseu na sequência do incêndio numa associação de Vila Nova da Rainha, no concelho de Tondela, já teve alta, disse hoje à agência Lusa fonte hospitalar.

“Neste momento estão doze doentes internados. Estamos a aguardar que eventualmente amanhã [terça-feira] ou depois possa haver mais uma ou duas altas”, referiu o presidente do Centro Hospitalar Tondela Viseu, Cílio Correia, em declarações prestadas a meio da tarde.

Segundo o responsável, o único doente que teve alta “não tinha nada do ponto de vista respiratório, tinha um traumatismo ao nível do pé e vai ser seguido em ambulatório”.

“A situação dos doentes internados mantém-se estacionária, com boa evolução, mesmo no que diz respeito àqueles que estão com suporte ventilatório na unidade de cuidados intensivos, que não apresentam nenhum agravamento, mas têm que ter cuidados particulares”, explicou.

Cílio Correia disse que as altas dependem “da avaliação clínica que for feita às lesões que apresentam, se têm condições do ponto de vista ventilatório para poderem ir” para casa.

Isto porque, acrescentou, “além das queimaduras, estiveram sujeitos e expostos a inalação de fumo e isso implica, do ponto de vista respiratório, alguns cuidados”.

O incêndio ocorrido no sábado à noite provocou oito mortos e 38 feridos, entre graves e ligeiros.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.