Um sonho visionário com 48 anos

Data:

Há 48 anos nascia O Emigrante/Mundo Português. Que hoje, cada vez mais, se assume como apenas Mundo Português.
Sob o lema de “AGIR SERVINDO” nasceu um jornal de causas, defendendo como nenhuma outra publicação o fez, os interesses de 15 milhões de portugueses (Portugal e Diáspora) a que se juntaram os  275 milhões da Lusofonia,  aos inúmeros estrangeiros que também já falam português, tornando a nossa língua verdadeiramente universal, a quarta mais falada no mundo.

Recordo aqui o Comendador Valentim Morais, meu pai e que já não está entre nós, e o Padre Vítor Melícias que em conjunto deram vida a este projeto no Hotel Ritz Four Seasons em Lisboa, dedicando-o à população dos não residentes, que não tinha nada deste país, nem sequer o seu bem mais fundamental – a informação.
Competiu-me a mim suceder-lhes desde 1981, já lá vão 37 anos, garantindo desta forma a continuidade deste verdadeiro serviço público dedicado a esta causa. Não foram tempos fáceis. As circunstâncias mudaram muito e foi precisa alguma arte e engenharia financeira para continuar o nosso caminho, criando uma empresa sólida onde o futuro não nos metesse medo.

Ao longo de muitos anos o jornal foi sendo, todas as semanas, a longa carta escrita do Portugal de então, para todos os portugueses que sempre transportaram para o estrangeiro a sua própria identidade e sensibilidade cultural, que integraram na realidade cultural onde estavam, criando assim o espaço a que nós sempre chamamos de “MUNDO PORTUGUÊS”.
Permanecemos um jornal de causas, e por isso somos constantemente solicitados pelos portugueses, empresários, professores, luso-descendentes, luso-eleitos, associações culturais e órgãos de comunicação a interagir com a sua realidade dinâmica, defendendo com anos de antecedência o que para muitos outros se tornou óbvio apenas bastante mais tarde.
Por essa razão associada à vida do jornal, nasceu em 1999 a Mundiventos, dando expressão à nossa comunicação não escrita, realizada através de eventos, encontros e seminários que visam sempre promover os portugueses de cá com os de lá.

É importante destacar aqui o SISAB PORTUGAL, evento que já vai na sua 23ª edição, e que tendo nascido sob a égide desta causa e deste principio, viria a tornar-se num evento de nível mundial que foi pioneiro na valorização das exportação de todo o setor agro-alimentar de Portugal.
Apesar de tudo fico com a sensação de que há ainda muito por fazer nesta sociedade imensa dos mais de quinze milhões de portugueses, que tantos anos estiveram subestimados e até esquecidos, e ainda dos milhões de estrangeiros que pelo facto de terem tido um antepassado português podem reinvindicar, nos termos da nova lei, a sua nacionalidade portuguesa, que permitirá que no futuro mais de 2.000.000 de estrangeiros possam vir a ser portugueses também.

É precisamente por eles que no dia-a-dia temos como “alma mater” do nosso trabalho, a sensibilização da sociedade em Portugal para esta realidade, e principalmente para que ninguém esqueça o imenso Portugal que vive no estrangeiro e que juntamente com os de cá, que cada vez mais nos lêem constituem a grande nação portuguesa.

E porque uma Nação só vale pelo seu todo, metade de uma nação é apenas metade coisa nenhuma. Por isso o MUNDO PORTUGUÊS continuará a trabalhar incansavelmente sob o lema de “AGIR SERVINDO”, criando os elos de ligação entre milhares dos que falam português e que são cada vez mais, tanto os que vivem em Portugal como no estrangeiro.
Numa próxima edição do Mundo Português, com data de capa de 20 de abril, iremos fazer uma edição dedicada a estes 48 anos, para a qual convidamos desde já todos os nossos leitores e amigos que ao longo destes anos se têm cruzado connosco, a partilhar esta data connosco, enviando as suas mensagens que posteriormente serão publicadas nesta edição.

Conto convosco, certo de que não deixarão de enviar as nossas mensagens para aniversario@mundoportugues.pt

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.