Chuva e trovoada deixam nove distritos sob aviso amarelo

Data:

A precipitação por vezes forte e acompanhada por trovoadas vai afetar o território do continente hoje e no sábado estando também prevista a possibilidade de fenómenos extremos de vento na zona costeira, disse a meteorologista Maria João Frada.

Entre hoje e o meio da tarde de sábado vão ocorrer períodos de chuva ou aguaceiros que podem ser forte e acompanhados de trovoada e rajadas fortes de vento, precisou à agência Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

“A precipitação chegará a todo o território porque temos uma depressão centrada a noroeste do continente. Hoje e amanhã vai ficar estacionária e depois tende a deslocar-se para sul e em direção ao território do continente”, explicou.

Segundo Maria João Frada, existe uma linha bem organizada com bastante precipitação que ainda está sobre o mar, prevendo-se que entre durante a manhã de hoje com mais ou menos intensidade no território do continente.

“De qualquer maneira, durante este episódio irá com uma grande probabilidade ocorrer precipitação que em alguns locais será forte”, disse.

Nesse sentido, a meteorologista do IPMA, adiantou que foram emitidos avisos amarelos de precipitação para os distritos no litoral a norte de Setúbal.

“Contudo, hoje também neste litoral a norte do Cabo da Roca há a possibilidade de haver fenómenos extremos de vento. Não se podem excluir junto à costa nas zonas costeiras ou mesmo sobre o mar a possibilidade de ocorrerem tornados dispersos. É uma probabilidade baixa, mas ela existe porque a massa de ar é instável”, adiantou.

De acordo com Maria João Frada, estes fenómenos de vento podem ocorrer no litoral a norte do Cabo da Roca durante o dia de hoje e na sexta-feira essa possibilidade ainda existe um pouco por todo o território, mas mais nas zonas costeiras.

“A partir de sábado à tarde vamos ter uma melhoria com a diminuição da intensidade e frequência dos aguaceiros e o final do dia já sem ocorrência de precipitação. Domingo vai ser um dia sem precipitação com céu pouco nublado ou limpo, descida das temperaturas mínimas e geadas no nordeste Transmontano e Beira Alta”, indicou.

Ainda no que diz respeito às temperaturas, Maria João Frada adiantou que hoje vai ocorrer uma pequena descida da máxima, prevendo-se que fiquem entre os 17 e os 23 graus, com exceção das terras altas que serão da ordem dos 02/15 graus.

“Hoje tivemos uma pequena subida da mínima e depois no domingo com a evasão de uma massa mais polar vamos ter uma descida que irá estender-se até segunda-feira. No Nordeste Transmontano e na Beira Alta vamos ter mínimas entre os 0 e os 05 graus e no resto do território vão andar na casa dos 10/14 graus”, disse.

Maria João Frada disse ainda existir uma possibilidade de nova ocorrência de precipitação a norte do sistema Montejunto/Estrela entre os dias 07 e 11 de novembro.

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.