Fábio Coentrão vai vestir a camisola do Sporting

Data:

O futebolista internacional português Fábio Coentrão anunciou hoje que irá alinhar no Sporting na próxima temporada, através de uma mensagem colocada nas redes sociais. “Muito feliz por ter a oportunidade de jogar neste grande clube”, escreveu o defesa nas redes sociais Facebook e Instagram, nas quais coloca uma fotografia sua com a família no estádio José Alvalade, em Lisboa.

Fábio Coentrão, de 29 anos, tem contrato com o Real Madrid até 2019 e, segundo a imprensa desportiva, alinhará nos ‘leões’ uma época por empréstimo do clube madrileno.

O Sporting também confirmou o acordo com o Real Madrid: “A Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD informa que chegou a acordo com o Real Madrid CF para a transferência do jogador Fábio Coentrão, por empréstimo na época desportiva de 2017/18”, pode ler-se no comunicado divulgado na página oficial dos ‘leões’ na Internet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.