Arte rupestre do Côa mostra-se na Coreia do Sul

Data:

A Fundação Côa Parque, a convite do Museu Petóglifo, de Ulsan, na Coreia do Sul, inaugurour a exposição «A Arte Rupestre do Vale do Côa». Esta exposição abriu as portas a 1 de Setembro e irá terminar a 20 de Dezembro.

Trata-se da primeira grande exposição dedicada ao Vale do Côa além-fronteiras. Foi criada a pensar no público local, com gravuras feitas num período entre 6000 e 1000 a.C, tendo como principal objetivo a realização de uma exposição sobre a Arte Pré-histórica do Vale do Côa.

Assim, a Coreia do Sul irá acolher, uma súmula da mais original e mediática história da arqueologia portuguesa, em paralelo com uma visão epítome da grande arte paleolítica do Côa, uma das jóias da coroa do património cultural em território português.

Um dos mais importantes atrativos da exposição, será uma nova réplica da rocha 3 da Penascosa, com o seu notável e bem ilustrativo lote de sobreposições de picotagens profundas do período antigo do Côa. Esta réplica ficará no Museu de Ulsan, assinalando na Coreia do Sul um dos marcos desta exposição. Foram ainda feitas, também propositadamente para esta exposição, duas réplicas de placas com arte móvel paleolítica do Fariseu.

Muitos dos visitantes do Vale do Côa são estrangeiros, o que significa que este património mundial, devido ao seu valor, devia ser incluído nas rotas de turismo mundiais. E, é por este motivo que, os textos e a documentação gráfica de apoio à exposição serão objeto de publicação num catálogo com textos em português, inglês, francês e coreano.

Esta será, uma oportunidade excelente para a promoção cultural e turística para a região do Vale do Côa, e por sua vez, para Portugal.

Cerca de 20 mil pessoas já visitaram esta exposição nos últimos dois meses. 

O diretor do Parque Arqueológico do Vale do Côa (PACV), António Martinho Batista confessa que “a porta do mercado oriental está em aberto, e as relações com a Coreia do Sul são bastante boas. No próximo ano, o Museu do Côa receberá uma exposição da arte rupestre proveniente da desta região do globo”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.