Doentes de paralisia vão ser capazes de escrever via pensamento

Data:

“Brain-machine interface” (BCI) é um dispositivo, desenvolvido pela BrainGate, que permite aos utilizadores escrever sem o fazer verdadeiramente.

 

O progresso tecnológico encerra possibilidades que se configuram infinitas. Quantas vezes não se ponderou que a escrita sem recurso à técnica, como extensão das capacidades humanas, não seria uma invenção descabida e sem lugar no futuro? Os investigadores por trás do BCI consideram irrevogável esta posição. Nesse sentido, o dispositivo permite que indivíduos paralisados consigam escrever através dos seus próprios pensamentos. 

 

O mecanismo baseia-se na implantação de eléctrodos no tecido cerebral, que gravam e registam informação, enquanto as pessoas imaginam o movimento do cursor do computador. Os dispositivos usam um algoritmo que descodifica esses sinais e dirigem um verdadeiro cursor através de letras e palavras num ecrã. 

 

No entanto, surgem alguns problemas: em primeiro lugar, a própria consistência e textura do cérebro, mediante os movimentos do sujeito, desloca os eléctrodos colocados. Como consequência, o sinal é constantemente distorcido, impossibilitando o seu funcionamento, sem que o investigador o corrija entre intervalos de 10 minutos. 

 

As novas investigações em torno do dispositivo permitiram alguns avanços no que diz respeito à correção das falhas anteriores e, como tal, as máquinas passam a corrigir-se automaticamente, sem intervenção dos investigadores. 

Em Janeiro de 2015, foi avançado que a BrainGate desenvolveu um mecanismo semelhante, acrescentando uma potencialidade de funcionamento em wireless. No seio de projectos semelhantes, a empresa terá dado a conhecer o caso de uma mulher paralisada, que moveu um braço mecânico com recurso a um mecanismo semelhante. Do pensamento ao computador e do computado ao braço mecânico, a actividade cerebral coordenou o movimento. 

 

Os dispositivos desenvolvidos a partir deste projecto permitirão, num futuro próximo, a melhoria das condições de vida de alguns membros da população e, simultaneamente, alargar os limites impostos pela fragilidade humana. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.