Monumento de homenagem aos marinheiros portugueses inaugurado em outubro no Canadá

Data:

O monumento de mármore ficará localizado no cemitério de Monte Carmel, em St. John’s.

O monumento de homenagem aos marinheiros portuguesa falecidos nas águas canadianas em St. John’s, na província da Terra Nova e do Lavrador, será inaugurado em outubro.
“Tudo começou quando o comandante oficial do navio português ‘António Eanes’, me disse, através de email, quando estava a sair de Lisboa, que tinha sido desafiado por colegas da marinha para encontrar o túmulo de Dionísio Esteves, um pescador da Frota Branca, para colocarem uma coroa de flores e efetuar o respetivo serviço militar”, explicou à agência Lusa, Jean Pierre Andrieux, escritor e promotor da iniciativa.
Dionísio Esteves, natural de Vila Praia de Âncora, foi um dos marinheiros que integrou a tripulação do navio Santa Maria Manuela e faleceu com 26 anos, em 1966, esmagado por uma onde gigante. Tinha-se casado há pouco tempo, e deixou a sua mulher grávida.
A ‘White Fleet’ (Frota Branca) era uma frota de navios de pesca portugueses pintados de cor branca devido à neutralidade de Portugal durante a II Guerra Mundial, e que operava naquele período nas águas da Terra Nova à pesca do bacalhau.
Na altura, as sepulturas dos marinheiros mortos não estavam identificadas e os registos que se encontravam numa igreja foram queimados num incêndio.
No entanto, o Conselho Nacional de Cinema do Canadá realizou um documentário em 1966 sobre a Frota Branca, que incluiu o funeral do pescador Dionísio Esteves, o que “permitiu identificar o local exato onde foi sepultado”.
Atualmente, quando atraca um navio da marinha portuguesa no cais em St. John’s, os elementos das embarcações depositam uma cor de flores na campa de Dionísio Esteves, homenageando os marinheiros falecidos nas águas do Canadá, mas muitos deles nunca serão identificados devido à perda dos registos devido ao incêndio. “Em 2012, decidimos que teria de ser erguido, junto à campa do pescador, localizada no Monte Carmel, em St. John’s, um monumento, não só dedicado ao Dionísio Esteves, mas também a todos os outros pescadores portugueses falecidos nas águas geladas canadianas”, frisou Jean Pierre Andrieux.
Já foram feitas algumas iniciativas para angariação de fundos para erguer o monumento, cuja inauguração estava inicialmente prevista para o verão de 2014, mas foi houve atrasos na conceção do projeto.
O monumento de mármore ficará localizado no cemitério de Monte Carmel, em St. John’s, junto à campa de Dionísio Esteves, e será concebido pelo artista António Neves de Ílhavo (Aveiro).
A obra deverá chegar ao Canadá em agosto, para ser inaugurada no princípio de outubro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.