Futebol praia: Portugal vence Japão na estreia no Mundial

Data:

A seleção portuguesa de futebol de praia venceu o Japão, por 4-2, na sua estreia no Mundial de futebol de praia, que está a ser disputado na Praia da Baía, em Espinho.

Na primeira jornada do Grupo A, Madjer (4 e 22 minutos), Bernardo Martins (18) e Alan (35) marcaram os golos de Portugal, enquanto Haraguchi (23) e Matsuo (32) reduziram para o Japão.

No outro encontro da ‘poule’, a Argentina bateu o Senegal por 4-3.

Com 14 participações em 17 edições da competição – o Brasil é o único totalista -, a seleção portuguesa que recentemente ficou em terceiro lugar nos I Jogos Europeus, em Baku, parte para o sétimo Campeonato do Mundo organizado pela FIFA com aspirações a recuperar em Espinho um troféu que lhe foge há 14 anos.

A equipa de Carlos Narciso integra o Grupo A e começou a competição frente ao Japão, cujo selecionador, Marcelo Mendes, já treinou Portugal, seguindo-se o confronto com o Senegal (dia 11, 14:30) e fecha com Argentina (dia 13, 14:30).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.