Benfica e FC Porto multados pela FPF, treinadores sem processo

Data:

O Benfica e o FC Porto foram multados em 5.738 euros após o ‘clássico’ de domingo, anunciou o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, que não abriu qualquer processo aos treinadores dos clubes.

No final do jogo da 30.ª jornada, o treinador do Benfica, Jorge Jesus, e o do FC Porto, Julen Lopetegui, desentenderam-se, após uma acesa troca de palavras, mas o mapa de castigos do CD da FPF não menciona qualquer processo disciplinar aos técnicos.

Contudo, devido ao comportamento dos adeptos, os dois clubes foram multados em 5.738 euros, com os ‘dragões’ a terem ainda de pagar uma pena de reparação, ainda por apurar.

No que diz respeito aos jogadores, o portista Danilo e o sportinguista William Carvalho vão falhar os jogos da 31.ª jornada, com o Vitória de Setúbal e o Nacional, respetivamente, depois de terem completado uma série de cartões amarelos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.