Museu da Eletricidade entre os mais “incríveis” do mundo

Data:

Aberto ao público em 2006, o Museu da Eletricidade, em Lisboa, está implantado num edifício com uma arquitetura imponente e destaca-se por apresentar um conceito mais atual de musealização. Talvez por isso, acaba de ser considerado, pelo ‘site’ internacional de viagens ‘SmarterTravel’, um dos 10 museus gratuitos “mais incríveis” do mundo. A publicação destaca, entre outras atrações, as “exposições interativas e muito amigas das crianças”.

“Com vista para o rio Tejo, em Lisboa, o Museu da Eletricidade está localizado numa velha central elétrica que encerra perfeitamente o espírito das suas coleções”, refere o ‘SmarterTravel’ no texto dedicado ao Museu da Eletricidade.

Aquele pelo ‘site’ internacional de viagens publicou a 27 de setembro uma lista com os dez museus gratuitos “mais incríveis” do mundo, na qual incluiu o espaço museológico implantado em Belém, Lisboa.
“Andar pelo mundo não é barato, mas o enriquecimento cultural pode ser. Descobrimos 10 museus incríveis, de Paris a Pequim, onde a descoberta cultural é rica, mas a entrada é gratuita para todos”, começas por referir o artigo, apresentando sugestões de espaços museológicos em dez países.

Sobre o Museu da Eletricidade, a publicação destaca que permite “descobrir a história da eletricidade e a arqueologia industrial através de exposições interativas e muito amigas das crianças”. As mostras de fotografia e as instalações de arte contemporânea são outras das “ofertas surpreendentes” do museu, refere o ‘SmarterTravel’, revelando ainda que os utilizadores do ‘Trip Advisor’ – o mais popular e a maior comunidade de viagens do mundo – consideram o Museu da Eletricidade “uma maravilha secreta de Lisboa”, além de “uma pausa bem-vinda” em dias de calor.

A lista dos mais incríveis museus gratuitos é liderada pelo Smithsonian Institution, em Washington (Estados Unidos), seguindo-se o Museu de Arte Moderna de Paris (França), O Museu Britânico em Londres (Inglaterra), Museu Nacional da China, em Pequim, o Museu Nacional de Copenhaga, na Dinamarca, o Museu da Eletricidade de Lisboa, o Museu de Arte Contemporêne de Berlim, Alemanha, o Museu Afro Brasil de São Paulo (Brasil), o Nicholson Museum de Sydney (Austrália) e o Te Papa Tongarewa de Wellington (Nova Zelândia).

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.