Ervideira e Corticeira AMorim lançam rolha inovadora

Data:

A Ervideira, produtora de vinhos do Alentejo, em parceria com a Corticeira Amorim apresentaram em Lisboa a primeira grande inovação do século XXI em matéria packaging de vinhos e que vem responder à grande questão: deveriam os vinhos manter-se fiéis à rolha de cortiça, ou deveriam adoptar cada vez mais a cápsula?

Ambas as soluções tinham prós e contras e os próprios especialistas encontravam-se divididos, apontando genericamente à cápsula metálica a vantagem da facilidade da abertura e a conservação do vinho não consumido.
Agora com a apresentação da rolha HELIX, totalmente em cortiça clássica, permite que, se introduza o conceirto de abertura fácil – bastando usar o polegar e o indicador para retirar a rolha da garrafa. Acabou portanto o chato “saca-rolhas” que tantas vezes nos partia a rolha e gorava as expectativas perante um grande vinho.
A nova rolha foi apresentada ao público e a partir desta semana vai estar disponível nas marcas “S DE SOL” e “LUSITANO” produzidas pela Ervideira que desta forma se assumem como as primeiras marcas a nível mundial a utilizar este produto inovador.

Quatro anos de investigação
Para Carlos Jesus, Director de Comunicação e Marketing da Corticeira Amorim, “Após quatro anos de investigação e desenvolvimento em conjunto com os parceiros da Owens-Illinois, fazemos o lançamento mundial de Helix em Portugal, num momento em que a inivação é tão crucial para o nosso país, este produto é a prova que a colaboração entre empresas cria verdadeiras vanragens competitivas para setores económicos tão importantes como a cortiça, o vinho e o comércio”.

Ervideira aposta na excelência
Por seu turno, Duarte Leal da Costa considerou que “Sendo a Corticeira Amorim o líder mundial no seu setor, aposta essencialmente na inovação e a Ervideira é também reconhecida no mercado nacional e internacional por ser uma empresa pioneira, sempre aberta a novos produtos e ideias. Habituámos os nossos consumidores a novidades e a um patamar de qualidade de excelência. Estamos muito satisfeitos com esta inovação que, mantendo uma imagem ‘premium’ e ecológica, trouxe finalmente o fator de conveniência ao segmento de vinhos brancos e tintos de consumo frequente”.
Por outro lado, Duarte Leal da Costa referia ainda que este novo produto “evita o saca rolhas com a possibilidade do partir da rolha e que portanto torna a abertura de uma garrafa de vinho muito mais prático”. Numa primeira fase esta nova rolha irá ser utilizada nos vinhos com uma maior rotação, segundo disse Duarte Leal da Costa ao Mundo Português, que confessou ainda que no caso dos topos de gama se vai manter para já a rolha tradicional porque “o vinho  é um produto de consumo bastante tradicional”. No entanto não fecha a porta no futuro a uma eventual adesão a este novo produto para os topos de gama, referindo: “vamos  inovamdo de acordo com a reacção do mercado”.
A Ervideira é uma das empresas vitivinícolas seculares em Portugal, produzindo vinho desde 1880. Atualmente possui um total de 160 hectares de vinha, distribuidos pelas sub-regiões da Vidigueira (110 hectares) e Reguengos (50 hectares). Entre os seus vinhos, estão marcas como Conde D’Ervideira, Invisível, Vinha D’Ervideira e Lusitano.

O que é a rolha Helix
Fruto de uma parceria de quatro anos entre a Corticeira amorim e a O-I (Owens Illinois) o desenvolvimento desta rolha baseou-se na inovação e no know-how destas duas grandes multinacionais ambas com mais de um século de actividade. O novo conceito agora apresentado combina uma rolha de cortiça ergonomicamente desenvolvida e uma garrafa de vidro, com uma rosca interior no gargalo, dando origem a uma sofisticada solução de elevada perfomance técnica. Helix agrega assim todos os benefícios da cortiça e do vidro – qualidade, sustentabilidade e imagem premium – a que se juntam agora as mais-valias de uma abertura simples e sobretudo de uma fácil reiserção da rolha. O sistema pode ser facilmente implementado nas caves, sendo apenas necessário um pequeno ajuste nas linhas de engarrafamento                     

1 COMENTÁRIO

  1. A ideia é genial, mas tem de ser com rolhas com capacidade de resistir a degradação do tempo, que resistam intactas ao rodar para abrir. Portanto o problema está na longevidade funcional da rolha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.