Filme sobre o fenómeno mundial de Fátima deverá chegar às comunidades portuguesas

Data:

O filme-documentário «Fátima no Mundo» que dá a conhecer o impacto internacional do fenómeno das aparições de N. Sra em Fátima estreou em sete salas de cinema do país e está em exibição até 18 de maio. Realizado em co-produção pelo Santuário de Fátima e a produtora Adonai, até 2015 o filme deverá chegar às comunidades portuguesas, como revelou a este jornal o reitor do Santuário, Padre Carlos Cabecinhas.

O filme-documentário «Fátima no Mundo» que dá a conhecer o impacto internacional do fenómeno das aparições de N. Sra em Fátima estreou em sete salas de cinema do país e está em exibição até 18 de maio. Realizado em co-produção pelo Santuário de Fátima e a produtora Adonai, até 2015 o filme deverá chegar às comunidades portuguesas, como revelou a este jornal o reitor do Santuário, Padre Carlos Cabecinhas.
Ao longo de 90 minutos, o filme-documentário «Fátima no Mundo» que mostra o impacto do fenómeno de Fátima em todo o mundo está em exibição até 18 de maio em sete salas de cinema do país.
A primeira e até agora única exibição pública do documentário que retrata alguns dos principais lugares, acontecimentos e pessoas ligados à devoção a Nossa Senhora do Rosário de Fátima aconteceu no Rio de Janeiro, Brasil, integrada no programa da XXVIII Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em julho de 2013. “Nas vésperas dessa JMJ, o Papa Francisco recebeu, no Vaticano, uma cópia do filme que acolheu e viu com grande interesse e comprazimento”, refere um boletim informativo divulgado pelo Santuário.
O documentário tem 90 minutos e foi filmado um pouco por toda a parte, desde a Coreia do Sul ao Hawai, dos Estados Unidos às Filipinas, de países de África ao Brasil, da Argentina e Venezuela à Polónia, entre outros países, de todos os continentes.
O projeto demorou cerca de quatro anos e procura que as pessoas sigam uma história, através da História, a partir de 1917, conhecendo locais e pessoas de todo o mundo. Deu origem a uma série documental dividida em seis episódios, com 55 minutos cada, que retrata a devoção a Nossa Senhora de Fátima nos vários continentes. Dessa série nasceu agora o filme-documentário exibido nos cinemas.
Realizado pelo escritor Manuel Arouca, numa co-produção do Santuário de Fátima e da produtora Adonai, o projeto foi produzido no contexto das várias iniciativas culturais e de divulgação da Mensagem de Fátima com vista à preparação e celebração do Centenário das Aparições, em 2017.

Emigrantes foram
primeiros embaixadores de Fátima
Na ante estreia do filme, a 6 e maio, em Lisboa, o reitor do Santuário de Fátima afirmava ao «Mundo Português» que o que se pretende “é ter presença em salas de cinema e apresentar de modo sintético essa presença de Fátima no mundo e ajudar a perceber o quanto Fátima e a devoção a N. Srª de Fátima, se foi estendendo pelos quatro continentes”.
Padre Carlos Cabecinhas sublinhou ainda que tanto os episódios filmados por continente, quanto agora o filme “deixam em claro destaque que as comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo foram os primeiros embaixadores da mensagem de Fátima”. “A mensagem de Fátima chegou antes de mais, por mão das comunidades portuguesas e o filme mostra-o muito bem. Em muitos lugares continua a ser a comunidade portuguesa local a dinamizar a devoção e divulgação da mensagem de Fátima, o que para nós é motivo de orgulho”, destacou o reitor do Santuário de Fátima.
Sobre a possibilidade do filme ser exibido junto dos portugueses no estrangeiro, Padre Carlos Cabecinhas revelou que já está a ser elaborado um projeto de distribuição que pretende atingir as comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo.
“Concretamente, pretendemos que haja a possibilidade de apresentar os dvd’s que situam essas comunidades no âmbito geográfico em que vivem. Por outro lado faremos a divulgação do filme-documentário e que pretende ser uma forma de sensibilizar as nossas comunidades espalhadas pelo mundo para este impacto que a mensagem de Fátima tem em todo o lado”, explicou o responsável, acrescentando que estão nste momento a pensar “sobre os modos de fazermos chegar estes suportes às comunidades portuguesas”.
Apesar de não avançar com prazos, o reitor do Santuário revela que o objetivo é que ao longo de 2014 seja já possível essa divulgação. “Se não for possível completá-la na totalidade em 2014, será certamente em 2015”, assegura.
Manuel Arouca, realizador dos seis documentários e do filme, diz que “foi uma grande surpresa ter um documentário exibido no cinema”. “É o premiar de um trabalho que foi feito com muita devoção e muito carinho”, acrescentou.
«Fátima no Mundo» está a ser exibido nas salas da Lusomundo do Amoreiras (Lisboa), NorteShopping (Porto), Dolce Vita Coimbra, CascaisShopping (Cascais), Braga parque (Braga), Dolce Vita Douro (Vila Real) e Fórum Viseu (Viseu). As sessões são diárias e sempre às 19h
Ana Grácio Pinto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.