França:Consulado honorário em Clermont Ferrand inaugurado em abril

Data:

A inauguração do consulado honorário de Portugal em Clermont-Ferrand, centro de França, é uma mais-valia para a comunidade portuguesa da região, disse o secretário de Estado das Comunidades, José Cesário.
“É uma mais-valia para a comunidade portuguesa na região. Neste caso de Clermont-Ferrand é uma estrutura que veio substituir o antigo consulado de carreira que foi extinto há alguns anos”, disse à Agência Lusa José Cesário, que presidiu no dia 29 de abril à inauguração do novo consulado honorário.  
José Cesário adiantou que o consulado honorário contará com os serviços de uma funcionária do ministério dos Negócios Estrangeiros “que irá realizar a maior parte dos atos consulares que são normalmente feitos nos consulados normais”.
De acordo com o secretário de Estado, o consulado honorário “tem equipamentos adequados para o tratamento de cartões do cidadão, passaportes e dos registos em geral, e é isso que será feito em Clermont-Ferrand, a exemplo do que se voltou a fazer noutras cidade francesas, como é o caso Tours, Orléans e Nantes”.
Em novembro de 2011, o então ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, anunciou o encerramento de sete embaixadas, quatro vice-consulados e um escritório consular, incluindo o vice-consulado de Clermont-Ferrand, o que na altura provocou muitas manifestações e protestos da comunidade portuguesa nesta região francesa.
Em fevereiro de 2012, durante uma visita àquela cidade francesa, José Cesário afirmava à Lusa que Clermont-Ferrand, iria receber uma estrutura que seria “em princípio, um misto de consulado honorário e escritório consular”. José Cesário afirmou à Lusa que esta solução “agradou à maioria dos presentes” e vai conjugar-se com “várias permanências consulares, em diversas cidades da região”.
“Esperamos, com esta solução, conseguir dar uma resposta idêntica ao serviço que tínhamos até 13 de janeiro (de 2012), continuando a tratar das questões essenciais, praticamente sem nenhuma diferença em relação ao que fazíamos”, acrescentou na altura, defendendo que o que desaparece “é a dimensão física da presença do Estado”.
Na mesma visita José Cesário referia ainda que o vice-consulado então encerrado, efetuava cinco mil atos por ano e fazia 1400 cartões do cidadão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.