Liga Europa: Benfica e FC Porto com os olhos postos nas meias-finais

Data:

FC Porto e Benfica procuram esta quinta-feira o apuramento para as meias-finais da Liga Europa em futebol, em jogos da segunda mão em que defendem a vantagem de 1-0: os dragões em Sevilha, as águias na Luz.

O cenário apresenta-se mais “simpático” para o Benfica, que a jogar em casa com o AZ Alkmar, ainda que sem Maxi Pereira e Gaitán, castigados, e as dúvidas de Fejsa e Ruben Amorim, lesionados, é favorito frente ao sétimo classificado da Liga Holandesa.

A equipa “encarnada” encontra-se num momento de grandes decisões, a duas vitórias de festejar o título de campeão, e não tem mais de três dias de descanso entre o jogo do campeonato, no qual goleou o Rio Ave (4-0), e a receção ao AZ Alkmaar.

Seguindo a linha do que tem feito, o técnico Jorge Jesus deverá fazer a gestão do plantel, não só devido às ausências forçadas, mas porque traz vantagem da Holanda (com um solitário golo de Sálvio) e a Liga Portuguesa tem sido a prioridade.

Em caso de sucesso, para o Benfica estas seriam as terceiras meias-finais da Liga Europa nas últimas cinco épocas, tendo no último ano sido finalista vencido (derrota por 2-1 com o Chelsea).

Para o FC Porto a segunda prova da UEFA também é uma competição confortável: venceu em duas ocasiões, em 2003 (numa final em Sevilha frente ao Celtic, 3-2), e em 2011, já no atual figurino, batendo o Sporting de Braga na final (1-0), em Dublin.

Esta época a Europa surge como a salvação possível para os portistas, afastados matematicamente do título (estão a 15 pontos do Benfica quando faltam disputar 12), e já depois de Luís Castro assumir interinamente o lugar de Paulo Fonseca.

Os tricampeões nacionais têm na Liga Europa a oportunidade de uma minimizar uma temporada aquém das expectativas, e chegam a Sevilha com a vantagem do golo apontado pelo defesa francês Mangala.

O Sevilha FC, equipa dos portugueses Beto, Diogo Carriço, titulares no primeiro jogo, e Diogo Figueiras, é quinta classificada na competitiva Liga Espanhola, e a discussão do apuramento deverá exigir ao FC Porto um bom nível.

O técnico Luís Castro tem a lamentar as ausências do avançado Jackson Martinez e do médio Fernando, este por ter sido expulso por acumulação de amarelos no jogo da primeira mão. De fora, por lesão, estão também Helton e Maicon.

Se seguirem em frente, Benfica e FC Porto podem defrontar-se – nas provas internas ainda vão encontrar-se para o campeonato, Taça de Portugal e Taça da Liga – ou encontrar equipas como a Juventus ou o Basileia, melhor posicionados para as meias-finais.

Nos outros jogos tudo está bem encaminhado para que italianos e suíços consigam o apuramento: a “Juve” venceu fora os franceses do Lyon (de Anthony Lopes e Miguel Lopes) e joga em Turim, enquanto o Basileia venceu em casa o Valência por 3-0.

A Juventus, num ano em que a final está agendada para Turim, é, de facto, a grande candidata, e o Basileia, mesmo sem Stocker e Degen, lesionados, dificilmente deixará fugir uma vantagem de três golos.

No lado da equipa espanhola, oitava no campeonato, o lateral português João Pereira foi titular na primeira mão, ao contrário dos também portugueses Ricardo Costa e Ruben Vezo, numa eliminatória que muito dificilmente será favorável à equipa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.