Portugal entre os melhores destinos de férias para 2014

Data:

Portugal foi escolhido como um dos melhores destinos de 2014 pela editora de guias de viagens Lonely Planet.
O país foi eleito um dos dez destinos no mundo para o próximo ano, com melhor relação qualidade-preço.

A nova edição do guia anual «Best in Travel» da ‘Lonely Planet’ inclui Portugal a lista dos dez destinos obrigatórios em termos da relação qualidade-preço.
Sobre Portugal, o guia destaca os resultados do mais recente estudo dos correios britânicos sobre o preço de férias em destinos europeus, no qual Albufeira foi considerada a melhor opção económica para férias familiares no Verão.
“Todos os anos os correios britânicos analisam os preços de ‘resorts’ de férias na Europa. O relatório mais recente refere Albufeira, no Algarve, como a opção mais barata para umas férias de verão em família”, refere o artigo publicado na página da ‘Lonely Planet’ da internet.
A editoria ressalva que “o Algarve no pico do verão pode não agradar a todos”, mas “mostra que Portugal é muito bom para os que estão preocupados com o orçamento”.
Mas não são só as terras algarvias que aparecem como destinos bons e baratos em Portugal.
O guia da maior editora de guias de viagem do mundo, propriedade da BBC Worldwide, salienta que “há excelentes negócios noutros locais” do país. Como exemplo, a ‘Lonely Planet’ diz que “Lisboa tem cafés maravilhoso e delícias doces por poucos euros”, sendo aida uma cidade onde é possível passear em elétricos baratos pelo coração da cidade. “Portugal também é, para os europeus, um local magnífico para surfar sem ter que pagar tarifas aéreas pagas nos voos para os destinos tradicionais deste desporto”, pode ler-se ainda. O destaque ao artigo no site da ‘Lonely Planet’ é mesmo ilustrado com uma foto de um surfista em Peniche.
Não é de agora a presença do país nos tops de turismo. E dezembro de 2012, o portal ‘Globe Spots’, um conhecido site internacional de viagens, colocava Portugal no seu “top de destinos” para o ano seguinte, atribuindo-lhe a classificação de melhor país para visitar em 2013, para quem quisesse uma “viagem clássica com grandes vistas”.

2013: 50 distinções em nove meses
Nos primeiros nove meses de 2013, Portugal somou quase 50 distinções, contra os cerca de 15 prémios que recebeu durante todo o ano de 2012.
Entre as entidades que atribuíram os galardões, constam jornais como o ‘The Guardian’, ‘New York Times’ e ‘El Pais/Lonely Planet’ (editora), televisões como a norte-americana CNN, revistas como a ‘Forbes’, blogues como o ‘Huffington Post’, empresas e associações internacionais de turismo, sites e imprensa especializada no setor.
Janeiro, agosto e setembro foram os meses das maiores conquistas, cabendo o primeiro prémio a três praias portuguesas eleitas pelo The Guardian “entre destinos mais baratos para 2013”.
Mais tarde, em maio, a TripAdvisor concentrava a sua atenção na cidade algarvia de Lagos, onde considera situar-se “uma das dez praias ‘maravilhosamente únicas’ do mundo”. No principal mês de verão, a CNN colocava o Guincho “no ‘Top 10’ das melhores praias de cidade da Europa” e o The Huffington Post considerava a Comporta como o “destino de eleição para os ‘verdadeiros’ europeus”.
Lisboa e o seu pastel de nata também afirmaram presença nas lista dos melhores, com o El Pais/Lonely Planet a colocar esta iguaria “entre a melhor doçaria da Europa”. A capital do país foi uma das principais distinguidas quer por ser “o destino mais barato para 2013”, segundo a Forbes, um dos “destinos best-value da Europa”, de acordo com a Lonely Planet, o “2.º melhor destino europeu”, pela European Best Destinations, ou a “4.ª cidade mais bonita do mundo”, pela UCityGuides.
No geral, o turismo em Portugal marcou presença a nível internacional, com destaque ainda para o Algarve que a TravelSupermarket coloca nos dez melhores “destinos de férias de famílias em 2013”, o Alentejo considerado pela Condé Nast Traveler como “destino obrigatório” e o Douro eleito o “melhor itinerário turístico fluvial da Europa”, pelo The Huffington Post. A Ecopista do Dão foi ainda distinguida pelos Excellent greenways awarded at 6th European Greenways Award.
E o Porto foi classificado pela Lonely Planet como “o melhor destino europeu de 2013” ou situando-se na 28.ª posição em 46 locais a visitar este ano, de acordo com o New York Times.
Como país, Portugal é ainda escolhido pela Worlwide Holiday Costs como o “7.º destino de férias mais barato para britânicos”, sendo ainda considerado na Índia como “o melhor destino de arte e cultura”, segundo a Today’s Traveller Awards 2013/Publituris.
Está ainda no “Top 10” da “preferência dos brasileiros para viagens de incentivo”, de acordo com o Turisver.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.