Professor-tutor é importante no combate ao insucesso escolar

Data:

A implementação de um programa regular de Tutoria, prestado por professores, no sistema de ensino básico português, terá forte impacto na redução do absentismo e insucesso escolar. Esta é a conclusão de um estudo realizado nos últimos quatro anos, por uma equipa de investigadores da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (UC).

Durante um ano letivo (2010 / 2011), os investigadores acompanharam 277 estudantes do 2º e do 3º ciclos do ensino básico, com percursos educativos irregulares e marcados pelo insucesso, divididos por dois grupos – alunos acompanhados por professores-tutores e alunos controlo, de um grupo equivalente. O trabalho de campo decorreu nos Açores, nas Escolas Básicas integradas de Arrifes, Rabo de Peixe e Ribeira Grande, (Ilha de São Miguel), e nas Escolas Secundária Jerónimo Emiliano de Andrade e Básica e Secundária Tomás de Borba (Ilha Terceira), com o apoio ativo da Cáritas da Ilha Terceira e de organismos do Governo Regional dos Açores. No Continente participaram algumas escolas do Algarve.
O estudo que se prolongou por quatro anos, teve por objetivo avaliar a eficácia do TUTAL, um programa de tutoria escolar concebido de raiz em Portugal, entre 2005 e 2009, e financiado pela Iniciativa Comunitária EQUAL (Fundo Social Europeu, no combate ao absentismo e insucesso escolar). Financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e com vários artigos publicados em revistas científicas internacionais de referência, o estudo mostrou a existência de diferenças significativas entre os grupos.
Os alunos que beneficiaram de tutoria “passaram de um resultado escolar médio negativo, no ano letivo anterior à aplicação do programa, para um resultado escolar médio positivo”, refere a UC. Enquanto os alunos do grupo de controlo registaram um aumento do número de faltas injustificadas entre o final do ano letivo 2009/2010 e o final do ano letivo 2010/2011, “os alunos inseridos no TUTAL reduziram em 50 por cento o nível do absentismo injustificado, durante o mesmo período”, explica o investigador Francisco Simões, que desenvolveu a sua Tese de Doutoramento neste projeto.
Verificou-se ainda que “os alunos que beneficiaram da intervenção tutorial registaram melhorias no que diz respeito ao seu sentido de competência na aprendizagem e integração na escola, entre o início e o fim do programa, comparativamente ao grupo de controlo”, descreve o investigador. Francisco Simões defende que este trabalho “aponta para um impacto promissor do apoio direto prestado por professores-tutores a alunos em maiores dificuldades, nomeadamente quando esse apoio tem um caráter continuado e de proximidade”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.