Maria Leal da Costa expõe em Macau

Data:

A escultura portuguesa Maria Leal da Costa inaugurou em Macau a exposição «Debaixo destas asas me aconchego», inserida nas celebrações dos 500 anos da chegada dos primeiros portugueses à China. Patente até 24 de Março, no Albergue SCM, é organizada por aquele espaço de artes em conjunto com o Círculo dos Amigos da Cultura, com o patrocínio da Fundação Macau.
São 23 peças trabalhadas em aço, mármore e bronze, que resultam de dois anos de trabalho, e nas quais sobressai o aço oxidado. Maria Leal da Costa justificou à Lusa a preferência. “Gosto muito do material na sua origem e o aço oxidado também parece madeira, ao mesmo tempo, portanto, acaba por ter esta cor sanguínea que nos dá um calor”, explicou, referindo que contrasta com “a frieza dos nossos sentimentos”. Amostra marca o regresso da escultora natural de Évora, a Macau, onde levou em 2000 a exposição «Chegar».

«Debaixo destas asas me aconchego»
Até 24 de março
Albergue SCM – Galeria A2 e Pátio
Calçada da Igreja de São Lázaro n.º 8
De terça a domingo, das 12h00 às 20h00

Ana Grácio Pinto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.