Estados Unidos: Três luso-americanos eleitos para o Congresso dos Estados Unidos

Data:

A 7 de novembro, dois congressistas luso-americanos foram reeleitos e um terceiro conseguiu a primeira eleição. O democrata Jim Costa e o republicano Devin Nunes regressão assim ao Capitólio. Para o republicano David Valadão será a estreia na política de Washington.

Na noite eleitoral de 7 de novembro, os candidatos de origem portuguesa alcançaram vitórias nas principais corridas.
Numa das eleições mais difíceis, no Distrito 16 da Califórnia, o democrata Jim Costa conseguiu uma vitória com 54,5 por cento dos votos, contra 45,5 por cento do seu adversário republicano. Jim Costa conseguiu a reeleição em novembro de 2010 com grande dificuldade, e até 2012 co-presidiu ao grupo (Caucus) luso-americano no Congresso juntamente com o democrata Dennis Cardoza, também da Califórnia, que entretanto abandonou a política.
Mais fácil era a corrida do republicano Devin Nunes, que conseguiu mais de 63 por cento dos votos no Distrito 22 da Califórnia.
E com perto de 60 por cento dos votos contados, foi declarada a vitória no Distrito 21 do mesmo Estado para o também luso-americano David Valadao, um jovem republicano que irá assim estrear-se na política de Washington no próximo Congresso.
O jornal local Visalia Times-Delta noticiou que Nunes doou parte dos fundos da sua campanha para Valadao, mas também para o adversário de Costa, com quem se desentendeu publicamente em 2010, tendo-se mesmo mantido afastado do «Caucus» luso-americano que o democrata dirigiu com Cardoza. O grupo integra congressistas luso-americanos e de comunidades onde os portugueses têm peso, como Rhode Island, Massachusetts, Nova Jérsia, Califórnia ou até Havai. A decisão dos democratas Dennis Cardoza e Barney Frank de não se recandidatarem a lugares no Congresso este ano causaram duas “baixas” no grupo de legisladores.
Em Nova Iorque, o republicano Jack Martins, ex-presidente da câmara de Mineola que em 2010 se tornou no primeiro luso-americano a chegar ao Senado estatal na história recenteconseguiu um segundo mandato.
Em Rhode Island, a presidente luso-americana do Senado, a democrata Teresa Paiva-Weed, reelegeu-se, assim como o também democrata Daniel da Ponte. No Estado do Massachusetts, o senador luso-americano democrata Marc Pacheco conseguiu uma reeleição fácil, enquanto António Cabral se mantém no Congresso estadual. Em Connecticut, a republicana Rosa Rebimbas e o democrata Rick Lopes também foram reeleitos para o Congresso estadual.
Em Newark, Nova Jersey, emblemática comunidade portuguesa nos Estados Unidos, Armando Fontoura alcançou o oitavo mandato como xerife do condado de Essex, batendo o republicano Orlando Mendez.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.