Universidade de Coimbra atribui 164 mil euros de apoio a estudantes

Data:

A Universidade de Coimbra (UC) atribuiu 164 mil euros das suas receitas próprias para apoios neste ano letivo a estudantes com graves dificuldades económicas. Regina Bento, administradora dos Serviços de Ação Social da Universidade de Coimbra (SASUC), explicou que o apoio visa estudantes que se viram excluídos do acesso a bolsa e, nalguns casos pontuais, prestar auxílio “de emergência” a alunos, sejam bolseiros ou não.
Quanto à primeira situação concorreram ao apoio 625 estudantes tendo beneficiado dele 423, num montante global de 156.175,83 euros. No âmbito da segunda vertente do Fundo de Apoio Social foi atribuído apoio a 22 dos 55 estudantes concorrentes, num montante global de 7.396,31 euros.
O Fundo de Apoio Social, criado há alguns anos pela Reitoria da UC, foi este ano reforçado em cerca de 20 mil euros, comparativamente ao ano letivo passado. Segundo Regina Bento, cada um dos 445 estudante que beneficia deste apoio recebe em média 369 euros, mas com ele apenas se conseguem atenuar as “imensas dificuldades” que chegam ao conhecimento dos SASUC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.