FC Porto vence “clássico” e iguala Benfica na liderança

Data:

O FC Porto venceu o “clássico” frente ao Sporting por 2-0, no Estádio do Dragão, em jogo da sexta jornada da I Liga portuguesa de futebol, e assumiu a liderança do campeonato, em igualdade pontual com o Benfica.

Os colombianos Jackson Martinez, aos 10 minutos e de calcanhar, e James Rodriguez, aos 84, na marcação de uma grande penalidade, assinaram os golos da formação bicampeã portuguesa, que viu ainda o argentino Lucho Gonzalez desperdiçar um outro castigo máximo, aos 56.

Com este triunfo, o FC Porto ascende à liderança, com os mesmos 14 pontos do Benfica mas com melhor diferença de golos, enquanto o Sporting, que estreou o treinador interino Oceano Cruz em substituição de Ricardo Sá Pinto, jogou desde os 72 minutos em inferioridade numérica devido à expulsão de Marcos Rojo e foi relegado para o 11.º lugar, com apenas seis pontos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.