Basquetebol: Luta a dois pelo título de campeão

Data:

O FC Porto, detentor do título, e o Benfica, campeão em 2009 e 2010, são, novamente, os grandes candidatos ao título nacional de basquetebol. Ovarense, Vitória de Guimarães e Académica podem ser as surpresas do campeonato…

Depois do bis das águias, os dragões responderam a época passada com o claro reforço da equipa e sagraram-se campeões. Esta época os lisboetas ripostaram em força e apresentam, no arranque, um conjunto com muitas e boas soluções.
Com Carlos Lisboa, para muitos o melhor jogador português de “todos os tempos”, no banco, em vez Henrique Vieira, a equipa da Luz recuperou Seth Doliboa (Olin Edirne), figura em 2008/2009, e contratou João “Betinho” Gomes (Breogan), Ted Scott (Kotwica) e o experiente Frederick Gentry (CAB).
Ainda com Tomás Barroso (estava emprestado ao Ginásio) e a manutenção de Ben Reed, Sérgio Ramos, Heshimu Evans, Miguel Minhava, Elvis Évora e Diogo Carreira, os encarnados têm, aparentemente, o melhor plantel dos últimos anos.
Não será um conjunto ao nível do que arrasou tudo (10 campeonatos em 11) entre 1984/85 e 94/95, com Lisboa, Jean Jacques, Guimarães, Mike Plowden, Pedro Miguel ou Henrique Vieira, mas o objectivo é, claramente, o 23.º título.
O Benfica, que já conquistou o Troféu António Pratas (65-63 ao FC Porto, sem Reed e Betinho), arranca teoricamente mais forte, mas os dragões, vencedores da Supertaça (76-62 ao CAB, a 5 de Outubro), têm margem para se aproximar.
Ao contrário dos encarnados, o conjunto que continua a ser liderado pelo espanhol Moncho Lopez ainda não aproveitou a alteração do regulamento e só apresenta três norte-americanos (passaram a ser permitidos quatro).
Em relação à época transacta, registam-se apenas as trocas de Sean Ogirri e Julian Terrell por Reggie Jackson e Anthony Hill, sendo que este último tem tido problemas de adaptação e, para já, ainda não mostrou argumentos para continuar.
De resto, a base é a mesma, com Gregory Stempin, Carlos Andrade, Miguel Miranda, João Santos, Nuno Marçal e José Costa, sem esquecer os “utilitários” David Gomes, Diogo Correia e Miguel Cardoso.
“Vamos tentar ir o mais acima possível, sabendo que há duas equipas que estão muito acima das restantes, o Benfica e o FC Porto”, disse, há dias, o treinador da Ovarense, Mário Leite, numa declaração que poderia ter sido dita por qualquer dos treinadores das outras equipas participantes.
A histórica Ovarense, campeã em 2005/2006, 2006/2007 e 2007/2008, é uma das vítimas da crise, à qual só conseguem sobreviver os “grandes”, por culpa do futebol.
Em relação às restantes equipas, Vitória de Guimarães, com Fernando Sá ao “leme”, e Académica, com Luís Santarino em vez de Norberto Alves, podem incomodar, tal como as insulares do CAB Madeira e do Terceira Basket, uma das duas novidades na prova, a par do Barcelos – saíram CB Penafiel e Illiabum.

Historial da prova
1932/33 – Conimbricense
1933/34 – União de Lisboa
1934/35 – Carnide
1935/36 – Carnide
1936/37 – Carnide
1937/38 – Carnide
1938/39 – Belenenses
1939/40 – Benfica
1940/41 – Carnide
1941/42 – Vasco da Gama
1942/43 – Carnide
1943/44 – Carnide
1944/45 – Belenenses
1945/46 – Benfica
1946/47 – Benfica
1947/48 – Vasco da Gama
1948/49 – Académica
1949/50 – Académica
1950/51 – Vasco da Gama
1951/52 – FC Porto
1952/53 – FC Porto
1953/54 – Sporting
1954/55 – Académica
1955/56 – Sporting
1956/57 – Barreirense
1957/58 – Barreirense
1958/59 – Académica
1959/60 – Sporting
1960/61 – Benfica
1961/62 – Benfica
1962/63 – Benfica
1963/64 – Benfica
1964/65 – Benfica
1965/66 – não atribuído
1966/67 – Sport Luanda e Benfica
1967/68 – Sporting Lourenço Marques
1968/69 – Sporting
1969/70 – Benfica
1970/71 – Sporting Lourenço Marques
1971/72 – FC Porto
1972/73 – Sporting Lourenço Marques
1973/74 – Malhangalene
1974/75 – Benfica
1975/76 – Sporting
1976/77 – Ginásio Figueirense
1977/78 – Sporting
1978/79 – FC Porto
1979/80 – FC Porto
1980/81 – Sporting
1981/82 – Sporting
1982/83 – FC Porto
1983/84 – Queluz
1984/85 – Benfica
1985/86 – Benfica
1986/87 – Benfica
1987/88 – Ovarense
1988/89 – Benfica
1989/90 – Benfica
1990/91 – Benfica
1991/92 – Benfica
1992/93 – Benfica
1993/94 – Benfica
1994/95 – Benfica
1995/96 – FC Porto
1996/97 – FC Porto
1997/98 – Estrelas da Avenida
1998/99 – FC Porto
1999/00 – Ovarense
2000/01 – Portugal Telecom
2001/02 – Portugal Telecom
2002/03 – Portugal Telecom
2003/04 – FC Porto
2004/05 – Queluz
2005/06 – Ovarense
2006/07 – Ovarense
2007/08 – Ovarense
2008/09 – Benfica
2009/10 – Benfica
2010/11 – FC Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.