Universidade do Minho investiga malefícios dos computadores portáteis

Data:

O aumento generalizado no uso de computadores portáteis é o tema uma investigação da Universidade do Minho (UM) que pretende avaliar as implicações ergonómicas da sua utilização crescente.
Segundo Pedro Arezes, co-autor do estudo e investigador do Departamento de Produção e Sistemas da UM, ficam demonstrados os factores de risco para o desenvolvimento de lesões músculo-esqueléticas, referindo que “a panóplia de situações que encontramos mostra-nos que há situações que se forem repetidas e continuadas podem trazer complicações ao nível da saúde”.
Pedro Arezes e Nelson Costa, da UM, juntaram-se a Ignacio Castelucci e Luis Franz, do Chile e Brasil, respectivamente, criando um consórcio de investigação, tendo como objecto de pesquisa a utilização de portáteis pelos universitários dos três países envolvidos, perspectivando os diferentes contextos culturais. O projecto caracterizou, numa primeira fase, os principais aspectos relacionados com a sua utilização.
Determinados e avaliados os principais factores de risco, o professor e coordenador do estudo, referiu que “na fase de diagnóstico concluiu-se que os eventuais problemas se colocarão principalmente ao nível do pescoço, da parte inferior das costas e dos punhos”.
Para evitar efeitos negativos, segundo o especialista em ergonomia, há duas abordagens possíveis.  “Uma delas terá a ver mais com a concepção do equipamento e a outra, seguramente, com a forma como o utilizamos”, disse. Enquanto algumas marcas já vão tendo em conta a ergonomia na concepção dos seus equipamentos, Pedro Arezes acredita que alguma prevenção “pode e deve ser feita junto dos utilizadores”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.