Exportações para o Brasil cresceram 28 por cento nos dois primeiros meses

Data:

As exportações portuguesas para o mercado brasileiro subiram cerca de 28 por cento nos primeiros dois meses do ano. São dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil que revelam o valor dos bens exportados por Portugal para o Brasil, em Janeiro e Fevereiro: 101 milhões de dólares (cerca de 71,5 milhões de euros). O dinamismo das trocas comerciais entre os dois países esteve no centro do seminário «Brasil, o que se segue?» realizado em Março pelo Banco Português de Investimento (BPI), em parceria com o banco brasileiro ITAÚ.

Realizado em Lisboa no passado dia 17 de Março, o seminário «Brasil, o que se segue?», apresentou, entre outros aspectos, algumas das perspectivas de evolução do mercado brasileiro.
O evento – organizado pelos bancos BPI e ITAÚ – contou com a presença de Fernando Ulrich, presidente da Comissão Executiva do BPI e teve como oradores, Cristina Casalinho, Chief Economist do BPI, e Guilherme da Nóbrega, Chief Economist do ITAÚ.
Cristina Casalinho debruçou-se sobre as relações económicas bilaterais entre os dois países. O Brasil já ocupa a décima posição no rankimg dos principais mercados de destino das exportações de bens portuguesas.
Entre os países extra União Europeia, o Brasil é já o quarto mercado importador de bens portugueses.
O azeite continua a ser o principal produto nacional importado pelo Brasil. Em 2010, foi responsável por 23,6 por cento do valor total das exportações. Os peixes secos, salgados (7,4 por cento), o vinho (5,7 por cento), maças, peras frescos (4,6 por cento) e material eléctrico (4,1 por cento) foram os outros produtos que se destacaram a nível de exportações portuguesas para o mercado brasileiro.
De lá para cá, destaca-se o petróleo (42,2 por cento), soja (14,2 por cento), milho (7,4 por cento), Açúcar (2,6 por cento) e componentes automóveis (2 por cento) como os produtos que mais pesaram na balança comercial em termos de importações, em 2010.

Mais 28 por cento em exportações

O desenvolvimento das trocas comerciais entre os dois países foi visível nos dois primeiros meses de 2011.
As exportações portuguesas para o mercado brasileiro subiram cerca de 28 por cento em Janeiro e Fevereiro, somando 101 milhões de dólares (cerca de 71,5 milhões de euros), de acordo com os dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil (MDIC), divulgados no portal do Conselho das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil.
No primeiro mês deste ano, as trocas comerciais entre Portugal e o Brasil, mais do que triplicaram em comparação com o mesmo período do ano passado.
Segundo os dados do MDIC, em Janeiro último, o volume de exportações portuguesas para o Brasil foi de 49,8 milhões de dólares (35,2 milhões de euros), e as importações de produtos brasileiros ascenderam a 219,1 milhões de dólares (155,2 milhões de euros).
Em Fevereiro, Portugal exportou para o Brasil bens no valor de 51,3 milhões de dólares (36,3 milhões de euros), o que corresponde a um crescimento de três por cento face a Janeiro e a uma subida de sete por cento em comparação com Fevereiro de 2010. Já as vendas do Brasil para Portugal registaram um abrandamento: cerca de 101 milhões de dólares, o dobro do total exportado pró Portugal nos dois primeiros meses deste ano.
De entre os produtos que o Brasil mais comprou a Portugal nos primeiros dois meses de 2011, destaque para o azeite que representou mais de 29,4 por cento do total das vendas portuguesas para o mercado brasileiro – contra 28 por cento no mesmo período do ano passado.
O bacalhau, com participação superior a 12 por cento nas exportações portuguesas para o Brasil, foi outro dos itens na liderança do comércio entre os dois países. Assim como as pêras frescas, com quota de 6,7 por cento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.