Biblioteca Nacional adquire importante códice náutico

Data:

A Biblioteca Nacional de Portugal adquiriu recentemente um manuscrito quinhentista sobre assuntos náuticos. O documento, que se pode datar de 1598, contém «Tábuas do lugar do Sol», um «Regimento para o marcar da agulha» e, ainda, importantes «Taboas da Largura do Leste ou de Oeste».
Textos considerados de relevo e que testemunham “importantes desenvolvimentos científicos levados a cabo pelos portugueses”, como destaca a instituição. Mas são as últimas tabelas que dão maior interesse ao documento. As «Taboas da Largura do Leste ou de Oeste» são na verdade tabelas de amplitude ortiva do Sol – indicam, para cada dia do ano, a posição do Sol ao nascer, relativamente a Leste. O seu uso está associado a um processo inovador cujo aperfeiçoamento tem sido atribuído ao matemático e cosmógrafo João Baptista Lavanha (ca. 1550-1624).
A BNP possuía já um conjunto de tabelas atribuídas a Lavanha – uma das figuras centrais da ciência portuguesa e ibérica na transição do século XVI para o XVII – mas este novo manuscrito confirma a divulgação e o impacto destes novos procedimentos náuticos concebidos pelos cosmógrafos lusos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.