Concurso para colocação de professores no estrangeiro já está a decorrer

Data:

O concurso para a colocação local de professores para o Ensino do Português no Estrangeiro (EPE) onde ainda há falta de docentes já está a decorrer, anunciou hoje o Instituto Camões (IC).
“Já está a decorrer o procedimento concursal do Instituto Camões para a contratação local de professores que irá resolver a questão dos alunos sem aulas de português na África do Sul, Alemanha, França, Luxemburgo e Suíça”, lê-se num comunicado do IC.
Fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades disse à Agência Lusa que, “com este concurso, espera repor-se a normalidade de funcionamento do Ensino do Português no Estrangeiro”.
Vários alunos estavam sem aulas de português naqueles países por causa de um atraso na publicação oficial da modalidade de contrato local de professores, segundo o secretário de Estado das Comunidades, António Braga.
“Estamos atrasados, não na colocação propriamente dita, mas na publicação da modalidade de contrato local”, disse António Braga aos jornalistas na quarta-feira passada após a assinatura do acordo de avaliação de desempenho dos docentes do EPE.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.