Açores: Viagens aéreas baixam de preço para residentes

Data:

A Comissão Europeia aprovou a alteração às obrigações de serviço público para o transporte aéreo entre os Açores e o continente, o que permitirá a implementação, dentro de dois meses de tarifas promocionais abaixo dos 100 euros, para a operação regular e no que respeita a residentes.
Publicada no Jornal Oficial das Comunidades Europeias, a alteração traduz-se na eliminação do limite mínimo de 120 euros para as tarifas promocionais e a possibilidade de serem comercializadas tarifas bastante mais baratas do que os cerca de 250 euros que uma pessoa residente nos Açores paga por uma viagem de ida e volta a Lisboa. Uma medida já com muitos anos que vem, de resto, satisfazer uma aspiração dos açorianos.
A proposta do Governo dos Açores para a aplicação de tarifas aéreas promocionais da ordem dos 100 euros nas ligações entre os Açores e o continente já tinha recebido o aval do Governo da República em Setembro. As modificações agora introduzidas encerram este processo negocial, cujo desfecho o chefe do Executivo açoriano considerou ontem ser um passo importante “no domínio da regulação do transporte aérea e da abertura de novas possibilidades para a diminuição do tarifário”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.