Papa/Portugal: Bento XVI leva o acolhimento “afectuoso” da população e deixa uma saudação a “todos o

Data:

Bento XVI levou de Portugal, a “cordialidade” do acolhimento “afectuoso” da população e a reacção “calorosa e espontânea” das pessoas com quem pode contactar durante os quatro dias da visita ao país.

Na cerimónia de despedida que decorreu no Aeroporto Sá Carneiro, no Porto, o Papa afirmou, perante o Presidente da República e outras autoridades civis, militares e religiosas, que levava “guardada na alma a cordialidade do vosso acolhimento afectuoso, a forma tão calorosa e espontânea como se cimentaram os laços de comunhão com os grupos humanos com quem pude contactar, o empenhamento que significou a preparação e a realização do programa pastoral planeado”.

No último dos cinco discursos que fez em Portugal, Bento XVI apelou à união dos portugueses para enfrentarem os desafios que enfrentam. “Não cesse entre vós de crescer a concórdia, essencial para uma sólida coesão, caminho necessário para enfrentar com responsabilidade comum os desafios com que vos debateis”, pediu, deixando o desejo de que Portugal continue “a manifestar a grandeza de alma, profundo sentido de Deus, abertura solidária, pautada por princípios e valores bebidos no humanismo cristão”.

Banto XVI sublinhou ainda a “alegria” que sentiu ao testemunhar a “fé e devoção da comunidade eclesial portuguesa”, o entusiasmos “das crianças e dos jovens”, a adesão “fiel dos presbíteros, diáconos e religiosos”, a dedicação pastoral dos bispos, a “procura livre da verdade e da beleza patente no mundo da cultura”, a “criatividade” dos agentes de pastoral social e a “vibração da fé” dos fiéis nas dioceses que visitou – Lisboa, Fátima e Porto.

O Papa sublinhou o desejo de que a visita que iniciou no dia 11 e concluiu ao início da tarde de hoje tenha sido um “incentivo para um renovado impulso espiritual e apostólico”. Na hora da despedida, deixou uma saudação a “todos os portugueses, fiéis católicos ou não, aos homens e mulheres que aqui vivem, mesmo sem aqui terem nascido”.

“Desça sobre Portugal e todos os seus filhos e filhas a minha Bênção Apostólica, portadora de esperança, de paz e de coragem, que imploro de Deus pela intercessão de Nossa Senhora de Fátima, a quem manifestais tanta confiança e firme amor. Continuemos a caminhar na esperança. Adeus.”, concluiu.

Ana Grácio Pinto

apinto@mundoportugues.org

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.