Madeira e Açores pedem continuidade de apoios a Bruxelas

Data:

Representantes das regiões ultraperiféricas da União Europeia, entre as quais Açores e da Madeira, pediram ao presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, que Bruxelas continue a atender à sua especificidade na concessão de apoios comunitários.

José Manuel Durão Barroso recebeu em Bruxelas representantes das sete regiões ultraperiféricas da UE, entre os quais o presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, e o vice-presidente do Governo Regional da Madeira, João Cunha e Silva.
À saída do encontro na sede do executivo comunitário, Carlos César disse acreditar que Bruxelas continuará a olhar para as regiões ultraperiféricas, apontando que estas beneficiam da “proximidade ao tema” por parte de Durão Barroso, enquanto conhecedor das questões envolventes das regiões autónomas portuguesas. Assinalando que a crise económica e financeira se transmitiu às regiões ultraperiféricas, apesar de estarem fora dos mercados atingidos, o presidente do governo regional dos Açores disse que uma das lições que se pôde extrair, e que foi também exposta pelo próprio presidente da Comissão Europeia, foi a da “necessidade de apoiar mais estas regiões do ponto de vista da sua economia produtiva própria”.
Nessa medida, foi sublinhada a importância de apoios à produção de bens transaccionáveis, à produção agrícola, às pescas, à energia e ao turismo, através dos transportes, especificou.  Carlos César apontou que esta questão foi “muito enfatizada” no diálogo com Durão Barroso e disse esperar que seja também “muito valorizada” pela presidência espanhola da União Europeia, no primeiro semestre de 2010.
Portugal, Espanha e França são os três Estados-membros da UE com regiões ultraperiféricas. Numa altura em que se discute o orçamento comunitário para 2010, Carlos César disse assim esperar que os apoios às regiões ultraperiféricas não diminuam, até porque, assinalou, “os montantes que estão em causa são verdadeiramente negligenciáveis”, representando “uma ínfima parte daquilo que é o orçamento europeu”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.