PS: “Nos próximos quatro anos, deverá ser seguido o programa do PS” – porta-voz

Data:

O porta-voz do PS afirmou hoje que, na próxima legislatura, deverá ser seguido o programa socialista e defendeu que ainda “é muito cedo” para se falar em coligações ou em acertos com outros partidos. As posições de João Tiago Silveira foram assumidas no final da reunião do Secretariado Nacional do PS destinada a analisar os resultados das eleições de domingo.

Interrogado pelos jornalistas sobre uma eventual opção do PS por coligações ou entendimentos com outros partidos, João Tiago Silveira frisou que, “nos próximos quatro anos, deverá ser seguido o programa do PS”. “É muito cedo neste momento para falar em coligações ou de acertos com outros partidos”, acrescentou.

Ainda sobre o tema das coligações, João Tiago Silveira recorreu às declarações proferidas pelo secretário-geral do PS, José Sócrates, no domingo. “Ainda não tivemos a indigitação pelo senhor Presidente da República e, depois disso, haverá conversas entre o secretário-geral do PS e os outros partidos”, respondeu.

Na declaração inicial que proferiu, João Tiago Silveira deixou aos jornalistas uma mensagem essencial: nos próximos quatro anos, deverá ser o PS a governar com base no seu programa e com condições de estabilidade. “O PS venceu as eleições legislativas, contando com o voto de mais de um em cada três portugueses e triunfando em 13 dos 18 distritos e numa região autónoma [Açores]. Contou também com a vitória na maioria absoluta (63 por cento) das câmaras municipais”, declarou o porta-voz socialista

Com base nestes indicadores, João Tiago Silveira sustentou que “os portugueses escolheram o PS para governar e escolheram também votar nas ideias e no programa do PS”.

“Os resultados deram uma diferença clara de sete por cento entre o PS e o segundo partido mais votado”, disse, antes de fazer uma referência à nova conjuntura política, em que os socialistas dispõem apenas de maioria relativa.

“Estamos perante um novo quadro eleitoral que requer responsabilidade, estabilidade e governabilidade. O PS assume estes compromissos e estamos focados em ajudar as pessoas e as empresas a ultrapassar esta crise mundial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.