22ª Jornada: Benfica perde com V. Guimarães na Luz

Data:

O Benfica sofreu a primeira derrota da temporada no Estádio da Luz, em jogos da Liga de futebol, e falhou a subida ao primeiro lugar, ao ceder por 1-0 perante o Vitória de Guimarães.

Em encontro da 22ª jornada da prova, o golo solitário de Roberto, aos 66 minutos, colocou os “encarnados”, que realizaram uma das piores exibições da temporada, mais longe do título.

O Benfica poderá mesmo terminar a ronda no terceiro lugar, caso o Sporting vença na recepção ao Rio Ave, e ficar a cinco pontos do líder FC Porto, que domingo recebe a Naval 1º de Maio.

O Vitória de Guimarães alcançou apenas o segundo triunfo do seu historial no Estádio da Luz (um terceiro sucesso como visitante aconteceu em terreno neutro, em Campo Maior) e relançou a candidatura às competições europeias, mantendo a oitava posição, agora a cinco pontos dos lugares de acesso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.