Alemanha: Corpo de Afonso Tiago trasladado hoje

Data:

A trasladação do corpo de Afonso Tiago, de Berlim, Alemanha, até Oliveira de Azeméis iniciou-se hoje por estrada e o funeral realiza-se amanhã, na terra natal do engenheiro português, disse à Agência Lusa um familiar.

O corpo, que deverá chegar a Portugal na madrugada de sexta-feira, ficará primeiro em câmara ardente na capela mortuária de Oliveira de Azeméis e o funeral está marcado para as 16 horas do mesmo dia. O caixão já saiu chumbado da Alemanha, não será aberto e vai ficar em jazigo de família.

Afonso Tiago desapareceu na madrugada de 10 de Janeiro, quando regressava a casa no bairro berlinense de Kreuzberg, a pé, depois de ter estado num bar com amigos portugueses.

Quanto à causa da morte, “os primeiros resultados da autópsia não apontam para crime, a morte terá ocorrido por afogamento”, disse o mesmo familiar à Lusa. A mesma fonte acrescentou ainda que “as investigações ainda não estão concluídas e o caso permanece em segredo processual até se esclarecer tudo”.

A família só recebeu informações relativas à autópsia via telefone e irá recebê-las posteriormente por escrito. “Só após os exames complementares estarem concluídos se poderá esclarecer tudo, o que acontecerá num prazo de três a quatro semanas”, acrescentou a mesma fonte.

O engenheiro, de 27 anos, estava há seis meses na capital alemã a estagiar na sucursal da empresa Active Space Tecnologies, de Coimbra, especializada em projectos espaciais, ao abrigo do programa Inove Contact do Ministério da Economia português.

A família e os amigos de Afonso Tiago distribuíram milhares de cartazes em Berlim para tentar encontrar o desaparecido, organizaram um blogue na Internet e uma petição ao Presidente da República Portuguesa, que recolheu mais de dez mil assinaturas. A polícia judiciária de Berlim envolveu nas investigações consideráveis meios, mas até ao aparecimento do corpo no rio Spree, no dia 6 deste mês, não tinha qualquer pista ou explicação para o caso.

De acordo com especialistas ouvidos pela Agência Lusa, o facto de o corpo ter permanecido tanto tempo – quase dois meses – sem ser encontrado no rio Spree, apesar das buscas policiais com barcos e mergulhadores, pode dever-se às baixas temperaturas das últimas semanas em Berlim, a rondar os zero graus centígrados. Com tais condições atmosféricas, um corpo humano pode permanecer submerso, e o processo de decomposição retarda-se. Assim, a subida das temperaturas na semana passada em Berlim, que derreteram totalmente a camada de gelo que cobria o rio Spree, permitiu que o corpo surgisse quase à superfície.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.