Nigéria: Irmão de Carlos Soares está esperançado…

Data:

Contactado pela Lusa, José Porfírio, irmão de Carlos Soares, afirmou-se esperançado na resolução rápida e pacífica do caso e acrescentou que esta "é a primeira vez" que o irmão, "que trabalha fora de Portugal há quatro/cinco anos, é apanhado neste tipo de situações".
A acção ocorreu terça-feira, quando homens armados atacaram o navio em que se encontravam 11 homens – o cidadão português, um ucraniano e nove nigerianos – no Estado dos Rios, no Delta do Níger.
José Porfírio diz que apenas receia que no caso de vir a ser pago o resgate exigido pelos raptores, o seu irmão seja utilizado como escudo para garantia de segurança dos sequestradores.

José Porfírio acrescentou que já foi contactado pela Tidewater, a empresa proprietária do navio comandado pelo irmão e subcontratada pela petrolífera norte-americana Chevron.
O irmão de Carlos Soares revela que soube da notícia do rapto ao início da tarde, às 13 horas. "Cerca de um quarto de hora depois telefonaram-me da Pró Marinha, a agência que contratou o meu irmão para este serviço na Nigéria", acrescentou. O governo português também contactou já a família do cidadão português. "Garantiram-me que o navio está localizado e que já falaram com o meu irmão e que esta bem", revelou.
Em 2007, mais de 200 estrangeiros empregados no sector petrolífero foram raptados na Nigéria e libertados depois de terem sido pagos resgates.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.