Tragédia no ciclismo: Faleceu Bruno Neves

Data:

Bruno Neves, ciclista do LA/MSS, da Póvoa do Varzim, morreu próximo do Alto da Lixa, Amarante, quando participava no Grande Prémio de Amarante em Ciclismo, devido a uma queda.
Bruno Neves era natural de Oliveira de Azeméis e recentemente venceu o Grande Prémio RTP Algarve.
O acidente ocorreu a meia da tarde na zona de S. Gens, na EN 15, entre Amarante e a Lixa.
Segundo a fonte dos bombeiros, o ciclista foi assistido pelos bombeiros no local – uma ambulância de Amarante fazia o acompanhamento da prova – e transportado para o hospital Padre Américo, em Penafiel, mas não resistiu aos ferimentos.
A sétima edição desta prova de ciclismo, que foi anulada pela organização – Câmara Municipal de Amarante e Associação de Ciclismo do Porto – é um tributo ao conhecido médico ligado ao ciclismo Dr. Barreiros de Magalhães.
O presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Artur Lopes, classificou hoje de "horrorosa e estúpida" a morte do ciclista Bruno Neves em competição, considerando que a modalidade está de "luto por um extraordinário ser humano".
"É um momento de grande dor para todos, face a esta morte inesperada, horrorosa e estúpida. Acidentes destes acontecem a toda a hora, mas normalmente sem gravidade. O ciclismo está de luto", lamentou o dirigente, acrescentando que o atleta tinha capacete e bateu com a cabeça no chão, na queda.
Em declarações à Agência Lusa, Artur Lopes descreveu o seu estado de espírito: "Sinto muito pesar, emoção, grande dor. O Bruno era um rapaz que conhecíamos bem. Acima de tudo, para alem qualidades como corredor, que é o que agora menos importa, era um ser humano extraordinário".
"Agora interessa ajudar a família a ultrapassar este drama", vincou, falando sobre "uma morte estúpida, com uma queda num sítio perfeitamente liberto, com os atletas a rolar em estrada larga, numa zona em que normalmente até vão descontraídos e a brincar".
O dirigente revelou a conversa com Manuel Zeferino, director desportivo da LA MSS: "Ele estava de rastos. Disse-me que quando chegou ao pé dele, o Bruno já estava inanimado. Estaria nos últimos momentos. Morreu-lhe nos braços".
"A família do ciclismo está completamente destroçada. É uma morte inglória de um jovem promissor, de apenas 26 anos, com muito valor, cheio de talento", concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.