Benfica regressa às vitórias

Data:

 O Benfica regressou hoje às vitórias, frente ao Belenenses ao ganhar o jogo na Luz por duas bolas a uma. Os encarnados, que já não venciam desde 30 de Março, derrotaram o clube de Belém num jogo em que estava em causa o quarto lugar e ainda a esperança de chegar ao segundo lugar no campeonato e a uma vaga para a Liga dos Campeões.

As ausências do lesionado Petit e dos castigados Maxi Pereira e Binya obrigou o treinador Chalana a mexer na equipa encarnada. Edcarlos voltou a fazer dupla com Luisão e Katsouranis regressou ao meio-campo. Nuno Assis mereceu a confiança do treinador.

E em boa hora Cardozo voltou ao onze, depois de ter falhado a titularidade desde o jogo com a Académica. Foi dele o segundo golo do jogo, aos 64 minutos, na marcação de um livre.

Jorge Jesus só fez uma alteração, em relação ao onze do Belenenses que goleou o V. Setúbal (5-0). Roncatto saiu para dar lugar a Gavilan (Gabriel Gomez). Mas, se a equipa não mudou muito, a sua atitude foi diferente. Os jogadores não se apresentaram com a habitual organização.

A partir dos dez minutos, os encarnados aceleraram e o Belenenses apostou mais no contra-ataque. Mas o Benfica encontrava dificuldades em «derrubar» a barreira defensiva do Belenenses. Os ataques sucederam-se e aos 41 minutos, o guarda-redes azul não conseguiu evitar o belo golo de Luisão, que subiu para auxiliar no ataque. Depois de confusão na área, Hugo Alcântara «aliviou» mal a bola. O central encarnado rematou de primeira, sem hipóteses para Júlio César.

A segunda parte começou com o Belenenses a tentar chagar ao empate e a imprimir velocidade ao jogo e a partida ganhou outro ânimo. Apesar das duas equipas terem-se aplicado igualmente para chegar ao golo – Rafael Bastos, do Belenenses, atirou duas vezes ao poste, no mesmo minuto (54) – foi o Benfica quem acabou por ampliar a vantagem, aos 64 minutos, num livre apontado por Cardozo.

Aos 77 minutos, o árbitro sancionou Rúben Amorim e assinalou um livre perigoso a favor do Benfica. Hugo Alcântara e Katsouranis trocaram palavras e o defesa do Restelo deu uma «chapada» ao grego, o que lhe valeu o vermelho directo. Com dez em campo, tormou-se difícil ao Belenenses recuperar de dois golos de desvantagem.


Chalana acredita no 2º lugar

No fim do jogo, em declarações à TVI, Chalana elogiou ainda a atitude da sua equipa e parabenizou os adeptos pelo apoio. "Isso é o mais importante e a vitória é para eles. Os jogadores tiveram uma boa atitude, jogaram bem, perante uma equipa muito boa, lutaram até ao fim", sublinhou. A vitória de hoje relançou a esperança do treinador encarnado em chegar ao segundo lugar no campeonato. "Acredito que é possível chegar ao segundo lugar e os jogadores também têm que acreditar. Vamos ter que ganhar as duas finais que nos faltam até ao fim", afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.