FC Porto na final da Taça de Portugal

Data:

O FC Porto garantiu a qualificação para a final da Taça de Portugal em futebol ao vencer o Vitória de Setúbal, por 3-0, em jogo das meias-finais, disputado em Setúbal.
Demonstrando grande classe e dominando a partida do primeiro ao último minuto, o FC Porto construiu um triunfo fácil, num jogo em que faltou capacidade ofensiva Vitória de Setúbal.
A equipa de Jesualdo Ferreira começou a construir o triunfo com um lance infeliz de Jorginho que, na sequência de um pontapé de canto de Quaresma, acabou por introduzir a bola na própria baliza, colocando o FC Porto a vencer por 1-0.
Mais dominador e com um meio-campo muito seguro, o FC Porto nunca permitiu que a equipa sadina se acercasse com perigo da baliza do guarda-redes Nuno, que teve muito pouco trabalho durante toda a primeira parte.
Um remate de longe de Pitbull, após boa combinação com Elias, foi o melhor que o Vitória de Setúbal, sempre muito recuado, conseguiu fazer durante os primeiros 45 minutos de jogo.
Depois de sofrer o golo, o Vitória de Setúbal tentou instalar-se no meio campo do FC Porto, mas quem mais beneficiou com o adiantamento dos sadinos foi a equipa de Jesualdo Ferreira, que poderia ter marcado por duas ou três vezes.
Valeu ao Vitória de Setúbal a ineficácia dos avançados do FC Porto, que desperdiçaram a oportunidade de marcar mais alguns golos na etapa inicial, garantindo desde logo a presença na final da Taça de Portugal.
O Vitória de Setúbal saiu para o intervalo a perder por 1-0 e regressou sem o treinador Carlos Carvalhal, que foi expulso ao intervalo, à entrada para o balneário.
Pouco depois do reatamento da partida, o FC Porto aumentou a vantagem numa jogada do marroquino Tarik, que conseguiu evitar que a bola ultrapassasse a linha de canto e cruzou para Lucho Gonzalez fazer o 2-0, num lance em que o guarda-redes Eduardo poderia ter feito melhor.
Dominando o jogo como queria, o FC Porto poderia ter aumentando a contagem pouco depois na sequência de uma falha de Eduardo, que demorou a afastar a bola da grande-área e acabou por a entregar a um adversário.
Na sequência da mesma jogada, após mais um passe falhado pela defesa sadina, Lucho Gonzalez bisou com um remate colocado ao canto inferior direito da baliza de Eduardo, estabelecendo o resultado final em 3-0.
A equipa de Jesualdo Ferreira, muito perdulária na etapa inicial, acabou por resolver rapidamente a partida no início da segunda parte, acabando de vez com qualquer possibilidade de recuperação do Vitória de Setúbal.
Um remate de Pitbull aos 74 minutos, que passou rente ao poste da baliza de Nuno, foi a melhor oportunidade de golo da equipa sadina durante a segunda parte, num jogo com triunfo justo da equipa do FC Porto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.