Taça de Portugal: “Grandes”” qualificam-se, Sertanense “”tomba”” Portimonense”

Data:

O Benfica venceu por 3-1 na recepção à Académica e juntou-se às equipas qualificadas para a quinta eliminatória da Taça de Portugal em futebol, numa quarta ronda em que a “estrela” foi o modesto Sertanense. O Benfica voltou a reencontrar a Académica, duas semanas após o confronto em Coimbra, para a Liga, e o resultado acabou por ser expresso pelos mesmos números, que não traduzem as dificuldades sentidas pelos “encarnados”.
O Sertanense, que afastou o Portimonense, da Liga de Honra, no último minuto do prolongamento (2-1), com um golo de Milfor, é o único representante da III Divisão (quarto escalão) no sorteio que se realizará quarta-feira.
Além do Sertanense (III Divisão), também o modesto Lagoa (II Divisão) fez história na Taça, ao afastar o Santa Clara, da Liga de Honra, numa ronda que já contou com as equipas da Liga principal.
Com o Sporting, detentor do troféu, e o bicampeão português FC Porto já apurados, tal como Nacional da Madeira, Leixões e Paços de Ferreira e os isentos Boavista e Marítimo, outras equipas da Liga principal “suaram”  para eliminar equipas secundárias.
O Estrela da Amadora, 10º posicionado do campeonato principal, também só na meia-hora extra conseguiu eliminar (4-2) o Fátima – equipa da Liga de Honra que já eliminou o FC Porto da Taça da Liga e quase repetiu o feito Vitória de Guimarães e Vitória de Setúbal, respectivamente terceiro e quinto na Liga, visitaram Atlético, em Lisboa, e Operário, nos Açores, “carimbando” o passaporte para a próxima eliminatória com triunfos por 1-0 diante de equipas do terceiro escalão, com os vimaranenses a beneficiarem mesmo de um auto-golo de Rolão, já após os anfitriões terem falhado uma grande penalidade.
O Sporting de Braga, sexto classificado da Liga, também bateu o Camacha, na Madeira, pela margem mínima 3-2, depois de ter estado em desvantagem, com o golo inaugural de Diop, aos 15 minutos, que ainda deu alguma esperança à equipa da II Divisão.
Gil Vicente e Beira-Mar, quarto e sétimo da Liga de Honra, também trabalharam “horas extra” na visita ao reduto do Messinense, da II Divisão, e na recepção ao Torre de Moncorvo, da III Divisão.
Enquanto os “galos” de Barcelos bateram a Messinense por 2-0 no prolongamento, os “aurinegros” não conseguiram marcar em 120 minutos e só desbloquearam a igualdade a zero a seu favor no desempate por penaltis, impondo-se por 3-2.
Outra surpresa aconteceu em Anadia, com o clube local, que se encontra no oitavo posto da Série C da II Divisão, a bater o Freamunde, nono da Liga de Honra, por 1-0, diminuindo assim para sete conjuntos o número de equipas do segundo escalão na quinta ronda da prova.
Sporting e Belenenses, respectivamente, vencedor e finalista em 2006/07, tiveram sábado diferentes destinos, com os “azuis” a serem batidos pelo Paços de Ferreira, no desempate por penaltis, e os “leões” a golearem o Louletano.
No Restelo, o Belenenses, com menos um elemento, já que Cândido Costa foi expulso aos 59 minutos, conseguiu recuperar de uma desvantagem de dois golos para o empate 2-2, mas os visitantes foram mais fortes no desempate por grandes penalidades (5-4).
O Sporting, com alguma tensão entre adeptos, jogadores e dirigentes, voltou às vitórias após cinco jogos sem triunfar, batendo o Louletano, da II Divisão, por 4-0, o mesmo resultado obtido sábado pelo Leixões na recepção ao Torreense (II), enquanto o Nacional da Madeira marcou cinco golos sem resposta ao Cova da Piedade (III).
O bicampeão português, FC Porto, tinha ganho o “bilhete” para a eliminatória seguinte na sexta-feira, com um triunfo na visita ao Desportivo de Chaves (II Divisão), por 2-0, sendo uma das 13 equipas do escalão principal com lugar na próxima fase.

TODOS OS RESULTADOS

Desportivo Chaves (II) – (+) FC Porto (L), 0-2   
Leixões (L) – Torreense (II), 4-0   
Nacional (L) – Cova da Piedade (III), 5-0   
Sporting (L) – Louletano (II), 4-0   
Belenenses (L) – (+) Paços de Ferreira (L), 2-2 (2-2 ap, 4-5 gp)
Atlético (II) – (+) Vitória Guimarães (L), 0-1   
Serzedelo (III) – (+) Naval 1º Maio (L), 0-3   
Feirense (LH) – SC Lusitânia (II), 4-1   
Lagoa (II) – Santa Clara (LH), 3-2   
Real (II) – (+) Desportivo Aves (LH), 0-1   
Carregado (II) – (+) Olhanense (LH), 1-2   
Oliveirense (II) – Mondinense (III), 4-0   
Valdevez (II) – Tocha (III), 1-1 (3-1 ap)   
Estrela Amadora (L) – Fátima (LH), 2-2 (4-2 ap)   
Camacha (II) – (+) Sporting Braga (L), 2-3    
União Leiria (L) – Nelas (II), 2-0   
Penafiel (LH) – Vizela (LH), 2-1   
Anadia (II) – Freamunde (LH), 1-0   
Messinense (II) – (+) Gil Vicente (LH), 0-0 (0-2 ap)   
Beira-Mar (LH) – Torre Moncorvo (III), 0-0 (0-0 ap, 3-2 gp)   
Sertanense (III) – Portimonense (LH), 1-1 (2-1 ap)   
Infesta (II) – (+) Juventude Évora (II), 1-2   
Moreirense (II) – Machico (II), 4-0   
Abrantes (II) – Monsanto (III), 0-0 (0-0 ap, 6-5 gp)   
Operário (II) – (+) Vitória Setúbal (L), 0-1
Rio Ave (LH) – Rebordosa (III), 6-1
Benfica (L) – Académica (L), 3-1
  
Isentos: Boavista (L) e Marítimo (L)
   
(+) Apurados para a 5ª eliminatória.
  
Os jogos da 5ª eliminatória, cujo sorteio se realiza a 12 de Dezembro, estão marcados para 20 de Janeiro de 2008.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.