Jardim Gonçalves renuncia a cargos no BCP

Data:

O fundador e antigo presidente executivo do BCP, Jorge Jardim Gonçalves, apresentou esta terça-feira no Conselho Geral e de Supervisão (CGS) a sua renúncia a todos os cargos no banco.

Jardim Gonçalves, renuncia a todos cargos que ocupa actualmente no banco, ou seja, as presidência do CGS, do Conselho Superior e de comissões, dentro de órgãos sociais, que integrava.

«Anunciou a sua renúncia a todos os mandatos, no final do ano, coincidindo com o final do actual exercício fiscal do banco», disse à agência Lusa fonte ligada ao fundador do banco.

Recorde-se que esta demissão vem em sequência dos últimos acontecimentos que envolveram o nome da família por causa das dívidas do filho ao banco e que Jardim acabaria por pagar, e ainda da falhada fusão entre o banco e o BPI de que Jardim Gonçalves seria o grande mentor.

Segundo uma fonte próxima de Jardim Gonçalves garantiu ao EMIGRANTE/MUNDO PORTUGUES o copo transbordou quando um grupo de accionistas sondou Santos Ferreira da Caixa Geral de Depósitos para que este viesse a liderar o BCP pela sua reconhecida competência profissional, mas também por ser personalidade distante de Jardim Gonçalves, visto por esse grupo de accionistas como o grande alvo a abater. Segundo essa mesma fonte "o senhor engeneheiro sentiu-se traído e bastante magoado", acabando desta forma por renunciar aos cargos que ocupava.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.