Funchal: Derrocada faz pelo menos uma vítima mortal

Data:

Fonte dos bombeiros confirmou à Lusa a morte de uma pessoa enquanto a PSP e os Bombeiros Voluntários Madeirenses continuam a tentar localizar outro soterrado vítima de uma derrocada ocorrida no Parque Industrial da Zona Oeste do Funchal.
Eram cerca das 15:30 quando grandes pedras se desprenderam da escarpa e atingiram o laboratório e oficinas da empresa Tâmega.
Três funcionários estavam a reparar um tubo no terraço quando foram surpreendidos pela derrocada, um deles conseguiu fugir e outros dois ficaram soterrados.
Devido à grande proporção das pedras, informações não confirmadas fazem prever que perderam a vida.
Os BVM estão a usar um aparelho para detectar sinais de vida debaixo dos pedregulhos.
O ferido ligeiro deu entrada no Hospital Central do Funchal, sendo transportado pela corporação de bombeiros de Câmara No local estão responsáveis da Protecção Civil e PSP que montou um cordão de segurança para impedir o acesso ao local onde se reuniram familiares e outros trabalhadores da empresa.
A derrocada terá igualmente danificado mais de duas dezenas de viaturas estacionadas naquela zona.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.