Açores tem taxa de desemprego mais baixa do país

Data:

A taxa de desemprego manteve-se nos Açores, no terceiro trimestre do ano, em 3,9 por cento, o mesmo valor verificado no trimestre anterior. A informação foi veiculada numa nota do Governo Regional dos Açores, que cita dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). De acordo com a nota, a região “continua a distanciar-se no panorama nacional, onde a taxa de desemprego é de 6,8 por cento para a Madeira e de 8 por cento para o continente”.

Em declarações à agência Lusa, o director regional do Trabalho e Qualificação Profissionalreferiu que a realização de inquéritos às empresas permite ao executivo regional conhecer previamente as necessidades laborais e assim encaminhar os jovens e desempregados para cursos e áreas de formação com maiores carências. “Não se formam pessoas às cegas”, frisou Rui Bettencourt, acrescentando que foram criados mais 978 postos de trabalho entre o segundo e terceiro trimestre.

De acordo com o governante no segundo trimestre de 2007 a população empregada nos Açores era de 106.934 trabalhadores, enquanto que no terceiro passou para 107.912 trabalhadores. Rui Bettencourt anunciou, ainda, que pelo décimo ano consecutivo aumentou o número de empresas no arquipélago. Citando dados do Observatório do Emprego na região, e com base nos quadros de pessoal, em 1997 existiam 4.317 empresas. Dez anos depois os Açores contam com 5.972, precisou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.