Património português promovido em canal televisivo internacional

Data:

O National Geographic Channel e a Turismo de Portugal estão a promover, no mercado europeu, os principais locais do património português. Esta estratégia, que resultou numa parceria inédita, tem uma audiência potencial de cerca de 13 milhões de lares.

A Espanha, a Alemanha e o Reino Unido – que são mercados importantes na promoção externa – foram os países escolhidos para desenvolver a iniciativa, que envolve a transmissão de anúncios promocionais e a transmissão de um docu-mentário sobre os 13 locais portugueses classificados como património mundial pela UNESCO. Em Portugal também se poderão ver os anúncios e o documentário.

Este projecto, designado «Portugal: um outro olhar», tem como principal objectivo a promoção nacional e internacional de Portugal como destino turístico. Para além disso, “rejuvenescer a comunicação do patri-mónio e dar outro ângulo do país” é uma ambição assumida por Assunção Loureiro, representante portuguesa da Fox International Channels, a empresa que detém a marca National Geographic.

Esta é assumida como uma nova abordagem em termos de comunicação, que procura ir ao encontro de um específico potencial turista para Portugal: “o público do National Geographic é classe A/B, tem um elevado poder de compra e tem uma vertente cultural também elevada”, realçou Assunção Loureiro. A representante da estação de televisão acrescentou ainda que “há tradição no canal com este tipo de parcerias na área do turismo” e destacou que o National Geographic Channel já es-tabeleceu parcerias similares com países como a Austrália, a África do Sul e com algumas regiões de Espanha.

Ao longo do mês de Novembro, estão a ser transmitidos em Portugal, em Espanha, na Alemanha e no Reino Unido dois ‘spots’ publicitários sobre o património nacional, que terão mais de mil exibições em antena, de acordo com a estação. A publicidade apresente a diversidade da oferta turística em Portugal, realçando tanto a tradição como a modernidade do país.

Em relação ao documentário, este dura vinte e cinco minutos, tem o mesmo título do projecto da Turismo de Portugal e foi idealizado pelo fotó-grafo português An-tónio Sá. O programa já estreou, em horário nobre, a 14 de Novembro no Reino Unido e a 18 de Novembro em Portugal, em Espanha e na Alemanha. Mas será alvo de retransmissão até ao fim do mês em todos os mercados.

Os Mosteiros de Alcobaça e da Batalha, o Vale do Côa, a floresta Laurisilva, na Madeira, e as cidades do Porto e de Évora foram alguns dos locais visitados pelo documentário.

Esta parceria entre a Turismo de Portugal e o National Geographic Channel resultou também na criação de uma exposição de fotografia, igualmente da autoria de António Sá. As fotografias já passaram pelos armazéns londrinos Harrods e estão agora no Mosteiro dos Jerónimos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.