Euro 2008: Meira, Simão e Hugo Almeida confirmados no onze

Data:

O central Fernando Meira, o extremo Simão e o ponta-de-lança Hugo Almeida vão ser titulares sábado na recepção à Arménia, no penúltimo encontro da selecção portuguesa de futebol no grupo A de apuramento para o Euro2008.

O seleccionador português, o brasileiro Luiz Felipe Scolari, não divulgou o «onze», na conferência de imprensa hoje realizada na Praia D´El Rey, em Óbidos, mas, ainda assim, desfez as dúvidas que existiam em relação à equipa titular.

Desta forma, Portugal deverá alinhar com Bosingwa, Bruno Alves, Fernando Meira e Caneira, à frente de Ricardo, dois médios defensivos (Miguel Veloso e Maniche), dois extremos (Cristiano Ronaldo e Ricardo Quaresma) e Simão no apoio ao ponta-de-lança Hugo Almeida.

Em relação ao centro da defesa, e com Bruno Alves seguro, Scolari afirmou que o estreante Pepe, jogador do Real Madrid, está ainda em fase de «entrosamento» com o grupo de trabalho.

«Posso aproveitar a dupla Pepe e Bruno Alves (jogaram juntos no FC Porto) à medida em que o trabalho for avançando. O Pepe tem de se ambientar, como outros o fizeram, e, mais tarde, poderei ter a oportunidade de colocá-lo», explicou o seleccionador luso.

Scolari não quis, porém, confirmar a dupla constituída por Bruno Alves e Fernando Meira, que já utilizou nas recepções à Polónia (2-2) e à Sérvia (1-1), em Setembro.

«Se vão jogar o Bruno Alves e o Fernando Meira? Não sei, pois pode acontecer uma qualquer situação no treino, como uma lesão. Já tenho definido o que pretendo, mas posso ser obrigado a mudar. Mas espero que tudo corra bem, que tudo o que de errado tinha de acontecer (várias baixas) já tenha acontecido», prosseguiu Scolari.

Quanto ao substituto de Deco, o técnico da formação das «quinas» foi ainda mais claro: «já tirei as dúvidas. Simão jogou muito tempo naquela posição e deverá iniciar o jogo, com um ponta-de-lança».

«Como não temos jogadores específicos para substituir o Deco, até porque os que já tentámos não estão agora aptos, vamos optar por uma solução um pouco mais ofensiva, até porque pretendemos chegar ao golo o mais rapidamente possível, tendo sempre presente que temos muito tempo para marcar», afirmou o seleccionador luso.

Finalmente, e quanto ao ponta-de-lança, Scolari não falou de Hugo Almeida, que testou a titular nos treinos, mas, praticamente, descartou Nuno Gomes: «neste momento, o Nuno ainda não atingiu os 100 por cento, pelo que é provável que não inicie o jogo».

O encontro entre as selecções principais de futebol de Portugal e da Arménia, na penúltima jornada do grupo A de apuramento para o Europeu de 2008, realiza-se sexta-feira, pelas 21:00, no Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria.

Portugal segue no segundo lugar do agrupamento, com 23 pontos, contra 24 da líder Polónia e 20 de Sérvia e Finlândia, precisando de quatro pontos, nas recepções a Arménia e Finlândia (quarta-feira, no Dragão) para chegar à fase final.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.