Incêndios: Arderam 23.878 hectares desde 1 de Janeiro

Data:

Dados estatísticos divulgados hoje pelo Ministério da Agricultura, e a que o Emigrante/Mundo Português teve acesso, indicam que, entre 1 de Janeiro e 7 de Novembro, arderam 7.794 hectares de povoamentos e 16.084 hectares de mata, num total de 23.878 hectares.

O Ministério destaca que o mês de Novembro "tem registado condições meteorológicas propícias à ocorrência e propagação de incêndios, invulgares para a época", revelando ainda que desde 1 de Novembro, "há o registo de pelo menos dois incêndios com mais de 300 hectares e que só neste últimos dias registaram se mais de 300 incêndios florestais e mais de 800 fogachos".

Entretanto, ressalta que estes dados são provisórios, já que, neste momento, ainda lavram incêndios no país. "Grande parte dos actuais incêndios tem origem em práticas agrícolas que costumam realizar-se com a chegada do Outono quando as primeiras chuvas permitem a sua realização com os níveis de segurança apropriados. Acontece que este início de Outono está a ser marcado pela ausência de precipitação e a ocorrência de ventos de Leste", destaca a informação do Ministério. A falta de chuva faz com que os níveis de humidade do material vegetal sejam particularmente baixos e, consequentemente, que o risco de incêndio seja superior ao habitual nesta altura do ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.