Estradas de Portugal: Empresa “repudia” notícia do Semanário Sol

Data:

A Estradas de Portugal (EP) "repudiou" a notícia hoje publicada pelo semanário Sol, alegando que contem "afirmações falsas e distorcidas da realidade.
Num comunicado à imprensa, enviado à Agência Lusa, a directora do Gabinete de Comunicação e Imagem da EP, Paula Ramos Chaves, adianta que a empresa "não tem conhecimento da existência do Relatório Final do Tribunal de Contas" sobre o exercício no triénio 2006 a 2006.
"O Relatório e Contas de 2005, aprovado e disponível desde 2006 no site da empresa (www.estradasdeportugal.pt), contém todos os valores e elementos necessários ao completo desmentido de todas as afirmações insultuosas e valores falsos que a notícia contem", lê-se no documento.
O semanário Sol cita na edição de hoje um relatório de auditoria do Tribunal de Contas à Estradas de Portugal, relativo a 2005, ano em que o actual ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino, assumiu a pasta e passou a ter a tutela das Estradas de Portugal.
O Sol refere que o órgão fiscalizador entende que "a situação económica e financeira das Estradas de Portugal é preocupante".
Por seu lado, o Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações também já reagiu e afirmou hoje desconhecer o relatório do Tribunal de Contas sobre a empresa divulgado hoje pelo Sol, sublinhando que os valores difundidos são "completamento falsos e absurdos".
Também em comunicado, o Ministério das Obras Públicas afirma que "não tem conhecimento de qualquer relatório final" do Tribunal de Contas sobre a gestão financeira, em 2005 e 2006, das Estradas de Portugal.
"Os valores constantes da notícia são completamente falsos e absurdos", sublinha-se no comunicado, que refuta as informações divulgadas na notícia e os dados referentes às adjudicações directas contratadas pela EP que, segundo o Sol, ascenderam a 2,5 mil milhões de euros de euros em 2005.
O Bloco de Esquerda, igualmente ao comentar a notícia, exigiu ouvir Mário Lino no Parlamento para que esclareça o alegado relatório.
Fonte "bloquista" adiantou à Lusa que, na próxima semana, o partido vai apresentar na próxima semana na Assembleia da República um pedido para formalizar a solicitação de uma audição a Mário Lino na Comissão Parlamentar de Obras Públicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.