Associação portuguesa de crianças desaparecidas ultrapassa mil inscritos

Data:

Mais de mil pessoas já se inscreveram como associados da recém-criada Associação Portuguesa de Crianças Desaparecidas (APCD), disse hoje à agência Lusa Luís Monteiro, um dos fundadores.
O pai de Rita Slof Monteiro, desaparecida em Fevereiro de 2006 em Leça da Palmeira, Matosinhos, então com 18 anos, referiu que os mentores da criação da associação foram o padrinho e a mãe de Rui Pedro (http://www.ruipedro.net/), desaparecido em Lousada em 1998, com 11 anos.
Entre os sócios fundadores, contam-se também os pais de Rui Manuel Pereira, desaparecido em Famalicão em 1999, então com 14 anos.
A associação foi formalmente criada por escritura pública em 10 de Setembro, em Matosinhos, tendo este fim-de-semana inaugurado uma página na Internet (http://www.ap-cd.pt/), onde para já constam apenas os estatutos e a ficha de inscrição.
Luís Monteiro enalteceu o apoio que os fundadores têm recebido na instalação da associação, salientando que o principal objectivo nesta fase é o aumento do número de associados (que pagam 2,50 euros de quota mensal), para que a APCD ganhe autonomia financeira.
"Entretanto, já verificámos que em Portugal não há nenhuma instituição que diga quantas crianças e jovens desapareceram e quais os contactos dos familiares", lamentou.
Luís Monteiro criticou a "muita leviandade" com que as autoridades portuguesas habitualmente lidam com os casos de crianças desaparecidas, afirmando que os fundadores da associação pretendem "mudar as mentalidades no país" e sensibilizar para este "problema grave".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.