Rui Costa bisa na vitória do Benfica

Data:

Dois golos do "velho" Rui Costa permitiram hoje ao Benfica uma vantagem mínima, de 2-1, sobre o FC Copenhaga, na primeira mão da terceira e última pré-eliminatória da Liga dos Campeões de futebol, reforçando a candidatura das "águias" á fase de grupos da prova.
O Benfica, a exemplo do que mostrara no Torneio do Guadiana, voltou a não convencer, ante o campeão dinamarquês, com quem se cruzou na última época, também para a LC.
 Valeu ao clube da Luz a insistência no remate de Rui Costa, que marcou aos 25 e aos 86 minutos, para gáudio dos quase 60 mil espectadores no estádio.
Hutchinson empatou aos 36 minutos, após o que FC Copenhaga apostou mais em defender o resultado que em tentar a vitória.
De imediato Fernando Santos balanceou a sua equipa totalmente para o ataque, trocando um defesa, Luisão, por mais um elemento na frente, o jovem Adu.
A segunda mão da terceira pré-eliminatória terá lugar 29 de Agosto, uma quarta-feira, em Copenhaga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.