Porto: Bilhete permite viajar 24 horas consecutivas

Data:

Os turistas que visitarem a Área Metropolitana do Porto dispõem agora de um bilhete de cinco euros que permite viajar nos transportes públicos 24 horas consecutivas. Segundo a TIP – Transportes Intermodais do Porto, numa primeira fase promocional, o título de transporte «Andante Tour» vai ser oferecido aos turistas no Aeroporto Sá Carneiro.

O bilhete pode ser utilizado em toda a rede do Metro do Porto, nos comboios urbanos da CP na Área Metropolitana do Porto e nos autocarros da Sociedade de Transportes Colectivos do Porto e das empresas privadas integradas nos TIP.

Ao contrário do «Andante» normal – o título de transporte criado com a entrada em funcionamento do Metro do Porto, o «Andante Tour» não é recarregável, existindo uma versão para um dia, ao preço de cinco euros, e outra para três dias, que custa 11 euros.

O novo bilhete visa “facilitar a utilização do transporte público aos turistas que visitam a AMP” e é “vocacionado para quem desconhece o funcionamento do sistema intermodal Andante”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.