Apoio domiciliário no Fundão com viatura nova

Data:

A Câmara do Fundão decidiu ceder uma viatura ao Centro Hospitalar do Cova da Beira (CHCB) para prestar apoio médico ao domicílio no concelho, anunciou o presidente da autarquia, Manuel Frexes. “A viatura está orçada em 25 mil euros e vai permitir servir alguns doentes mais envelhecidos e em situação mais isolada no concelho”, explicou à Agência Lusa.

O novo veículo vai ter equipamento médico básico e “garantir mobilidade para se deslocar pelas vias mais estreitas e alcançar todo o tipo de habitações”, disse Manuel Frexes. A viatura junta-se a outras três do CHCB destinadas a apoio médico ao domicílio no concelho. As deslocações a diferentes freguesias do concelho são coordenadas com as respectivas extensões de saúde. “Se por lá passa um médico às terças e quintas, as viaturas passam nos outros dias”, exemplificou João Casteleiro, presidente do CHCB.

As equipas, constituídas por um ou dois enfermeiros, executam várias tarefas, desde as mais simples, como mudar pensos ou curativos, até ao apoio a doentes que necessitam de ajuda diferenciada, como diabéticos, pessoas com feridas crónicas ou outras patologias que requeiram um controlo mais apertado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Share post:

Popular

Nóticias Relacionads
RELACIONADAS

Compal lança nova gama Vital Bom Dia!

Disponível em três sabores: Frutos Vermelhos Aveia e Canela, Frutos Tropicais Chia e Alfarroba e Frutos Amarelos Chia e Curcuma estão disponíveis nos formatos Tetra Pak 1L, Tetra Pak 0,33L e ainda no formato garrafa de vidro 0,20L.

Super Bock lança edição limitada que celebra as relações de amizade mais autênticas

São dez rótulos numa edição limitada da Super Bock no âmbito da campanha “Para amigos amigos, uma cerveja cerveja”

Exportações de vinhos para Angola crescem 20% desde o início do ano

As exportações de vinho para Angola cresceram 20% entre janeiro e abril deste ano, revelou o presidente da ViniPortugal, mostrando-se otimista quanto à recuperação neste mercado, face à melhoria da economia.

Área de arroz recua 5% e produção de batata, cereais, cereja e pêssego cai 10% a 15%

A área de arroz deverá diminuir 5% este ano face ao anterior, enquanto a área de batata e a produtividade dos cereais de outono-inverno, da cereja e do pêssego deverão recuar 10% a 15%, informou o INE.